Buscar no Cruzeiro

Buscar

Futebol internacional

Derrota custa emprego de técnico do Barça

28 de Outubro de 2021 às 00:01
Da Redação [email protected]
(Crédito: OSCAR DEL POZO / AFP)

Ronald Koeman deixou ontem (27) o comando do Barcelona. A derrota para o Rayo Vallecano por 1 a 0, pelo Campeonato Espanhol, pôs fim ao trabalho do técnico holandês na equipe catalã. Koeman estava pressionado pelo mau desempenho do time nos torneios nacionais e na Liga dos Campeões. No fim de semana, a derrota para o Real Madrid no clássico deixou sua situação insustentável e uma nova derrota levaria à sua demissão.

Em sua passagem pela Espanha, o técnico totalizou 63 partidas, com 37 vitórias, 11 empates e 15 derrotas. Xavi Hernández, atualmente no Al-Sadd, do Catar, é apontado como o favorito para assumir o comando técnico. Os nomes de Andrea Pirlo, ex-Juventus, e Marcelo Gallardo, do River Plate, também são especulados.

No Campeonato Espanhol, o Barcelona ocupa a modesta nona posição, com 15 pontos, com quatro vitórias, três empates e três derrotas. Pela Liga dos Campeões, a situação também é complicada, mas os torcedores ainda alimentam a expectativa de avançar às oitavas de final. No Grupo E, restando três jogos, a equipe catalã está em terceiro lugar, com três pontos, atrás do Bayern de Munique, que tem nove, e do Benfica, com quatro. (Da Redação)