Buscar no Cruzeiro

Buscar

Copa do Brasil

Sob cobrança, Santos visita o Cianorte

01 de Junho de 2021 às 00:01
Da Redação com Estadão Conteúdo
Com três derrotas seguidas, Diniz vive mau momento.
Com três derrotas seguidas, Diniz vive mau momento. (Crédito: IVAN STORTI / SANTOS FC (30/5/2021))

Quedas na primeira fase do Paulistão e da Copa Libertadores e arrancada com dura derrota para o Bahia no Brasileirão deixaram o clima bastante ruim no Santos. Abalado e sob intensa cobrança, o elenco sabe que apenas um resultado positivo em visita ao Cianorte, hoje (1º), às 19h, em estreia na Copa do Brasil, amenizará as críticas. Em busca de paz, o time promete se reerguer com vitória no interior do Paraná.

São três derrotas seguidas do Santos em quatro jogos sob o comando de Fernando Diniz. O treinador assumiu a culpa e prometeu uma reação imediata. Quer começar a volta por cima diante de um oponente de menor expressão pelas oitavas de final da Copa do Brasil.

Diniz deve dar voto de confiança ao grupo e repetir a escalação utilizada nos 3 a 0 sofridos diante do Bahia. Tudo para não perder o comando do grupo, que promete dar uma resposta em campo.

Depois da derrota para o Bahia, o Santos permaneceu em Salvador se preparando para a estreia na Copa do Brasil. Sem muito tempo para ajustes, Fernando Diniz apenas organizou o posicionamento quer ver Marinho, Kaio Jorge e Lucas Braga mais produtivos. O setor ofensivo marcou apenas três gols nos últimos quatro jogos.

O Santos treinou em Salvador ontem pela manhã e logo depois embarcou em voo fretado rumo a Maringá. O elenco seguiu até Cianorte de ônibus. Será o fim de uma desgastante viagem que passou por Guayaquil, Salvador e Cianorte. Após a estreia no Copa do Brasil, o time terá série com três partidas na Vila Belmiro: Ceará, Cianorte e Juventude, nas quais a ideia é embalar, finalmente, na temporada.

Eliminado em casa nas quartas de final do Campeonato Paranaense, diante do Londrina, após empatar fora, o Cianorte deve apostar em alguns reforços contratados para a Série D do Brasileiro. A pedido do técnico João Burse, a diretoria repatriou Erick Salles e contratou também Léo Porto e Lucas Duni. O Cianorte definiu o confronto em sua casa como “o jogo da vida”. (Da Redação, com informações de Estadão Conteúdo)

CIANORTE x SANTOS

Cianorte-PR - Bruno; Michel, Vitor, Maurício e Doma; Sávio, Morelli (Samuel) e Calabrês; Léo Porto, Erick Salles (Rael) e Pachu (Lucas Duni). Técnico: João Burse

Santos - João Paulo; Pará, Kaiky, Luan Peres e Felipe Jonatan; Alison, Jean Mota e Gabriel Pirani; Marinho, Lucas Braga e Kaio Jorge. Técnico: Fernando Diniz

Árbitro - Diego Pombo Lopez (BA)

Horário - 19h

Local - Estádio Municipal Olímpico Albino Turbay, em Cianorte (PR)