Buscar no Cruzeiro

Buscar

Campeonato Brasileiro

Sylvinho vê falhas do Timão na estreia

01 de Junho de 2021 às 00:01
Da Redação com Estadão Conteúdo
Foi a primeira partida do novo técnico corintiano.
Foi a primeira partida do novo técnico corintiano. (Crédito: RODRIGO COCA / AG. CORINTHIANS (30/5/2021))

O Corinthians estreou domingo (30) no Campeonato Brasileiro com derrota para o Atlético Goianiense, em plena Neo Química Arena, em São Paulo. Foi a primeira partida de Sylvinho como técnico à frente da equipe do Parque São Jorge. Em entrevista coletiva após a partida, reconheceu alguns erros que terão que ser ajustados ao longo da temporada, segundo sua análise.

“O nosso campo é muito rápido e com a chuva acelerou muito o jogo. Ficamos nervosos, sobretudo na construção, erramos mais passes laterais, passes entre linhas também erramos. Esse passe mais preciso foi se acertando e no segundo tempo começou a dar uma sequência maior. É algo que, sim, tem que buscar e trabalhar pra facilitar”, disse o recém-chegado técnico do Corinthians.

A má atuação da equipe refletiu no entrosamento, que ainda está pecando. Para o estreante, isso não deu o andamento necessário: “Pecamos nessa saída de bola, não foi precisa, não foi boa, o time acaba não andando. Para isso precisa ter segurança nos passes”, opinou.

Mas, de acordo com sua avaliação, o time nos quesitos de entrega e estratégia de jogo “entregaram tudo, mesmo com pouco tempo entenderam tanto a parte defensiva, de construção, a vontade, o desejo e a marcação, que são a cara do Corinthians”, concluiu.

O gol do Atlético Goianiense saiu aos 44 minutos, após ótima triangulação, quando a defesa do Corinthians bateu cabeça e Zé Roberto sobrou sozinho no meio da área para marcar. Amanhã (2), o Timão enfrenta novamente os goianos, mas pela Copa do Brasil, no primeiro jogo da terceira fase, que será disputado mais uma vez em São Paulo. (Da Redação, com informações de Estadão Conteúdo)

CORINTHIANS 0 x 1 ATLÉTICO-GO

Corinthians - Cássio; Fagner, Gil, Raul Gustavo e Lucas Piton; Roni (Araos), Camacho (Adson) e Ramiro; Gustavo Mosquito, Luan (Jô) e Mateus Vital (Cantillo). Técnico: Sylvinho

Atlético-GO - Fernando Miguel; Dudu, Nathan Silva, Éder e Igor Cariús; Willian Maranhão, Marlon Freitas, Ronald (Arnaldo) e João Paulo (Baralhas); Natanael e Zé Roberto (Lucão) Técnico: Eduardo Barroca

Gol - Zé Roberto, aos 44 minutos do primeiro tempo

Cartões amarelos - Roni, Camacho, Ramiro, Araos e Luan (Corinthians); Willian Maranhão, Marlon Freitas e Nathan Silva (Atlético Goianiense)

Árbitro - Felipe Fernandes de Lima (MG)

Local - Neo Química Arena, em São Paulo (SP)