Buscar no Cruzeiro

Buscar

Campeonato Brasileiro

Santos apanha por 3 a 0 do Bahia

30 de Maio de 2021 às 00:01
Da Redação com Estadão Conteúdo
Santos estreou com derrota de 3 a 0 para o Bahia.
Santos estreou com derrota de 3 a 0 para o Bahia. (Crédito: Ivan Storti / Santos FC)

Depois de um primeiro tempo morno, o Santos viveu ontem (29) um pesadelo com três gols sofridos nos sete primeiros minutos da etapa final e estreou no Campeonato Brasileiro com derrota por 3 a 0 para o Bahia, no estádio de Pituaçu, em Salvador. Thaciano, duas vezes, e Juninho marcaram os gols do triunfo baiano.

Eliminado precocemente da Copa do Libertadores, o Peixe inicia a disputa do campeonato nacional preocupando o torcedor. Além do Brasileirão, ainda há a Copa Sul-Americana e a Copa do Brasil.

Boa parte da segunda metade da etapa inicial correu sem emoções, até que os minutos finais cortaram um pouco do marasmo, em chutes de Jean Mota, Rodriguinho e Marinho -- que parou na defesa de Mateus Claus. O que faltou de emoção no primeiro tempo seria entregue pelo Bahia em sete minutos na etapa final.

O cronômetro marcava apenas 37 segundos de bola rolando quando Thaciano recebeu dentro da pequena área e apenas empurrou para abrir o placar. Cerca de dois minutos depois, Patrick de Lucca recuperou a bola no meio de campo, acelerou a jogada e lançou Rossi, que avançou dentro da área e cruzou para trás. Mais uma vez, quem veio encontrar a bola foi Thaciano, agora um pouco mais de longe, mas balançado a rede novamente. O terceiro saiu aos sete, quando Juninho aproveitou cruzamento e marcou de cabeça.

Diante do baque de tomar tantos gols em tão pouco tempo, ficou muito difícil para o Santos esboçar alguma reação. O Peixe volta a jogar sábado, quando recebe o Ceará, na Vila Belmiro, em Santos, às 19h. (Da Redação, com informações de Estadão Conteúdo)

BAHIA 3 x 0 SANTOS

Bahia - Mateus Claus; Renan Guedes, Conti, Juninho e Matheus Bahia; Patrick de Lucca (Jonas), Daniel (Matheus Galdezani) e Thaciano (Lucas Araújo); Rossi, Gilberto (Thonny Anderson) e Rodriguinho (Maycon Douglas). Técnico: Dado Cavalcanti

Santos - João Paulo; Pará (Madson), Kaiky (Marcos Guilherme), Luan Peres e Felipe Jonatan; Alison, Jean Mota e Gabriel Pirani; Marinho, Kaio Jorge (Marcos Leonardo) e Lucas Braga (Ângelo). Técnico: Fernando Diniz

Gols - Thaciano, aos 37 segundos e aos 3 minutos, e Juninho, aos 7 minutos do 2º tempo.

Cartões amarelos - Matheus Bahia, Patrick de Lucca e Rossi (Bahia); Kaiky e Marinho (Santos)

Árbitro - Bruno Arleu de Araújo (RJ)

Local - Estádio de Pituaçu, em Salvador (BA)