Buscar no Cruzeiro

Buscar

Vôlei

Presidente do Vôlei Um Itapetininga renuncia ao cargo

Projeto ficou sem repasse de verba por conta de problema com a Prefeitura

26 de Abril de 2021 às 17:48
Marina Bufon [email protected]
Vôlei Um Itapetininga fez campanha histórica na Superliga Masculina
Vôlei Um Itapetininga fez campanha histórica na Superliga Masculina (Crédito: William Furtado.)

Osmar Thibes Júnior, presidente do Vôlei Um Itapetininga, renunciou ao cargo na tarde desta segunda-feira (26), em meio aos impasses dos últimos dias em relação à continuidade do projeto na cidade do interior paulista.


"Eu decidi agora que estou renunciando à presidência em decorrência dos problemas. Acho que minha parte eu fiz, uma bela campanha (na Superliga), maravilhosa, isso que importa. A partir de amanhã (terça) não estarei mais na presidência. Vamos continuar acompanhando o trabalho e o projeto, aguardando as definições durante a semana", disse.


Ele ainda afirmou que a decisão foi motivada por questões pessoais e não estão relacionadas ao problema com a Prefeitura da cidade. Ainda não há um nome definido para assumir as suas funções no projeto.


A prefeitura de Itapetininga suspendeu o repasse de verbas para o vôlei por conta do que ela chamou de um descumprimento de contrato. O órgão alega que tanto o Tribunal de Contas do Estado quanto a Controladoria Municipal questionam o uso do recurso público, e que o benefício, que corresponde a cerca de 20% do orçamento do clube, só retornará quando as pendências forem sanadas.


Esta semana já era dada como decisiva por conta de uma reunião entre as partes para definir o futuro do projeto. Com a renúncia de Thibes, a situação fica ainda mais indefinida. Mais cedo, o então presidente havia falado com a reportagem sobre a situação com a prefeitura da cidade.


"A associação que mantém o time em nada errou e, sim, a demora demasiada da prefeitura, que acabou ocasionando sérios problemas na execução do projeto em Itapetininga. Em nenhum momento a associação e o time pensaram em deixar a cidade, mas, ante a falta de apoio do poder público, a situação se tornou complicada neste momento", disse.

O Itapetininga venceu o Sada Cruzeiro por 3 a 2, de virada, e foi para as semifinais da Superliga 2020/2021.  - Agência i7/Sada Cruzeiro.
Crédito: Agência i7/Sada Cruzeiro. / Descrição: O Itapetininga venceu o Sada Cruzeiro por 3 a 2, de virada, e foi para as semifinais da Superliga 2020/2021.


O Vôlei Um Itapetininga conseguiu fazer uma campanha histórica na Superliga Masculina de Vôlei desta temporada. Derrotou o poderoso Sada Cruzeiro nas quartas de final e chegou às semis, quando acabou derrotado pelo Minas Tênis Clube.


Outro lado


Procurada sobre a situação do projeto em si, a Prefeitura de Itapetininga informou que "foram apontadas irregularidades de ordem formal", para as quais o Vôlei Um elaborou um plano de compensação. No momento, o projeto está em análise junto ao corpo jurídico do órgão municipal. Ainda, a suspensão dos repasses "trata-se de determinação legal, não cabendo advertência neste caso em específico".


Por fim, a Prefeitura esclareceu que a diretoria tem total conhecimentos dos questionamentos realizados pelo Tribunal de Contas do Estado e pela Controladoria Municipal.


"Tais pendências apontadas pelos órgãos impedem os repasses para o Vôlei Um até que o mesmo tenha sanadas todas as pendências. A Prefeitura Municipal de Itapetininga reitera ainda que a agremiação já foi comunicada formalmente sobre todas as medidas de ajustes elencadas pelos órgãos de controle para que o Vôlei Um permaneça representando o município junto à futuras competições", finalizou em comunicado enviado.