Esporte

Neblina impede treinos em Nurburgring e pilotos não correm

Com o cancelamento das sessões, o alemão Mick Schumacher perdeu a oportunidade de fazer sua estreia oficial na F1
Neblina impede treinos em Nurburgring e pilotos não correm
O mau tempo dominou a sexta-feira e nenhum carro foi para a pista. Crédito da foto: Ronald Wittek / AFP (9/10/2020)

A neblina impediu nesta sexta-feira (9) a realização dos dois treinos para o GP de Eifel, na Alemanha. Assim, nenhum carro foi para a pista no tradicional circuito de Nurburgring. Para este sábado (10) e domingo (11), a previsão é de menos chuva e tempo melhor.

O mau tempo dominou a sexta-feira na cidade de Nurburg, mas não foi a chuva que impediu a realização das duas primeiras sessões do fim de semana. A neblina foi determinante para o cancelamento porque impedia que o helicóptero médico decolasse.

O pit lane se manteve fechado ao longo das duas sessões devido à falta de segurança causada pelo impedimento de fazer o helicóptero voar. “Para o resto do fim de semana, a previsão é um pouco melhor. Mas estamos trabalhando em um plano B”, declarou o diretor de prova, Michael Masi.

Com o cancelamento das sessões, o alemão Mick Schumacher perdeu a oportunidade de fazer sua estreia oficial na F1. Ele iria pilotar um dos carros da Alfa Romeo no primeiro treino livre. O filho de Schumacher, de 21 anos, é o líder da F2.

Sem as duas primeiras sessões livres, os pilotos vão para pista pela primeira vez somente neste sábado (10), às 7h. O treino classificatório está marcado para às 10h. Neste domingo (11), a corrida está agendada para as 9h10. O tradicional circuito não recebe uma prova de F1 desde 2013.

Mercedes

A Mercedes confirmou nesta sexta-feira (9) o segundo caso de Covid-19 na equipe durante o GP de Eifel. O time alemão disse já ter chamado seis funcionários para substituir os dois infectados e outros quatro afastados, por terem tido contato com os casos positivos.

Conforme Toto Wolff, chefe da equipe, os pilotos Lewis Hamilton e Valtteri Bottas vêm tendo pouco contato com os demais integrantes da equipe. “Eles não têm sentado com os engenheiros para conversar, fazem tudo por videoconferência”, disse. (Estadão Conteúdo)

Comentários