Buscar no Cruzeiro

Buscar

Acervo

Motivado por arena, Corinthians visita o Goiás

02 de Setembro de 2020

Motivado por arena, Corinthians visita o Goiás Crédito da foto: Rodrigo Coca / Ag. Corinthians

A diretoria do Corinthians tirou das costas o peso do naming rights do estádio e agora a única pressão que existe no clube está em cima da equipe comandada por Tiago Nunes. Depois da derrota no clássico para o São Paulo, o time está próximo de entrar na zona de rebaixamento e precisa vencer o Goiás hoje (2), às 19h15, no estádio da Serrinha, em Goiânia, para amenizar a crise que ronda o elenco.

Nas comemorações pelos 110 anos, na arena em Itaquera, o diretor de futebol Duílio Monteiro Alves bancou a permanência de Tiago Nunes no cargo e pediu paciência, pois trata-se de uma mudança de estilo de jogo. O problema é que o Corinthians está em 16º lugar, com os mesmos 5 pontos do Red Bull Bragantino, o 17º, o primeiro time dentro da zona de rebaixamento.

Apesar de ter disputado apenas cinco partidas, o time do Parque São Jorge já está dez pontos atrás do líder Internacional. E com um futebol apresentado até aqui de desanimar o mais otimista dos torcedores corintianos.

Mais uma vez a escalação da equipe não foi confirmada. O lateral-esquerdo Sidcley, que falhou no segundo gol do São Paulo, pode perder a vaga no time para Lucas Piton. No ataque, não dá para garantir um titular absoluto sequer. Os reservas Otero, Mateus Vital, Boselli e Araos podem ganhar uma oportunidade na equipe.

Jô poderá ser escalado, após ter protagonizado lance polêmico no clássico do fim de semana, quando aparece numa jogada de ataque em que parece acertar um soco nas costas do zagueiro Diego Costa. Ele deve ser denunciado pela Procuradoria do Superior Tribunal de Justiça Desportiva. (João Prata - Estadão Conteúdo)

GOIÁS x CORINTHIANS

Corinthians - Cássio; Fagner, Gil, Danilo Avelar e Sidcley (Lucas Piton); Éderson, Cantillo e Luan (Araos); Ramiro, Léo Natel (Gustavo Mosquito) e Jô (Boselli). Técnico: Tiago Nunes

Goiás - Tadeu; Juan Pintado, Fábio Sanches, Rafael Vaz e Jefferson; Sandro, Gilberto Júnior e Daniel Bessa; Keko, Vinícius Lopes (Rafael Moura) e Mike (Victor Andrade). Técnico: Thiago Larghi

Árbitro - José Mendonça da Silva Junior (PR)

Horário - 19h15

Local - Estádio da Serrinha, em Goiânia (GO)