Esporte

Melhor jogador do futsal do mundo é de Sorocaba

Leozinho, do Magnus, venceu o Planet Awards na categoria atleta jovem
Melhor jogador do futsal do mundo é de Sorocaba
Ala de 21 anos foi peça importante na conquista do tricampeonato mundial. Crédito da foto: Divulgação / LBN

O ala Leozinho, do Magnus Futsal, foi eleito ontem o melhor jovem jogador do mundo no Futsal Planet Awards. A premiação organizada pela revista Futsal Planet é a mais tradicional da modalidade. O atleta de 21 anos é cria da base da equipe sorocabana e foi descoberto em uma peneira com mais de 1.000 garotos, realizada em 2017.

“Esse prêmio representa tudo. Três anos atrás, ninguém me conhecia. Hoje, ter esse reconhecimento, conquistar um prêmio deste tamanho, é gratificante demais. Espero dar continuidade e ser exemplo para todos os meninos que sonham um dia em ser jogador. Comemoro com os meus familiares, meu clube e todos aqueles que fazem parte do meu dia a dia”, disse.

Leozinho ficou à frente do espanhol Antonio Pérez, do Jaéz, da Espanha, e do brasileiro Matheus, do Corinthians. Em 2019, o jogador anotou 22 gols em 55 jogos e foi peça fundamental na conquista do tricampeonato mundial por Sorocaba: marcou gol na semifinal contra o Timão e também foi o autor do gol que empatou a final contra o Boca Juniors.

Leia mais  Escolas são furtadas 59 vezes durante a quarentena em Sorocaba

“Uma satisfação imensa ver um resultado como este, principalmente porque acredito muito no trabalho com a base. Ele é muito jovem, ainda tem muito a evoluir, mas eu sempre acreditei no seu potencial desde o primeiro ano na equipe adulta. Um passo muito importante na vida dele e tenho que ressaltar que toda a equipe faz parte desse progresso”, avaliou o treinador Ricardinho.

Esta foi a 20ª edição da premiação, que conta com a chancela da Federação Internacional de Futebol (Fifa). O Magnus esteve presente em quatro categorias. Como melhor jogador do mundo, o ala Leandro Lino ficou em quarto lugar, o brasileiro Ferrão, do Barcelona (ESP), foi eleito o melhor.

O treinador Ricardinho foi o sétimo melhor técnico de clubes, com o espanhol Andreu Alvarez, do Barcelona (ESP), vencendo a premiação. O time sorocabano acabou na quarto colocação na disputa entre os melhores times do mundo, prêmio que ficou para o Barcelona da Espanha. (Da Redação)

Comentários