Esporte

Mayweather supera Cristiano Ronaldo e Messi e é o atleta mais bem pago da década

Para elaborar o ranking, a Forbes se baseia em salários, premiações, bônus, contratos, entre outros
Floyd Mayweather – Foto: AFP (12/09/2017)

 

Aposentado desde 2017, Floyd Mayweather subiu no ringue apenas dez vezes na última década. Isso bastou para o boxeador norte-americano se tornar o esportista mais bem pago da década, ao receber US$ 915 milhões (aproximadamente R$ 3,7 bilhões), segundo o ranking divulgado pela revista Forbes.

Floyd Mayweather ocupa a liderança do ranking principalmente pelo combate contra o irlandês Conor McGregor, em 2017. O boxeador norte-americano venceu a chamada “luta do século” por nocaute técnico e recebeu US$ 285 milhões (mais de R$ 1,1 bilhão).

Cristiano Ronaldo e Messi, donos de 11 dos últimos 12 prêmios de melhor jogador do mundo, estão logo atrás na lista. O português, que está em sua segunda temporada na Juventus, da Itália, é o segundo mais bem pago dos últimos dez anos, faturando US$ 800 milhões (R$ 3,2 bilhões).

Enquanto que o argentino do Barcelona é o terceiro. Ele recebeu US$ 750 milhões (R$ 3 bilhões) ao longo da década. No entanto, foi o atleta mais bem pago de 2019 (US$ 127 milhões (R$ 518 milhões).

A relação ainda conta com os jogadores norte-americano de basquete LeBron James (4º) e Kevin Durant (9º), o tenista suíço Roger Federer (5º) os golfistas norte-americanos Tiger Woods (6º) e Phil Mickelson (7º), o boxeador filipino Manny Pacquiao (8º) e o piloto inglês da Fórmula 1 Lewis Hamilton (10º).

Para elaborar o ranking, a Forbes se baseia em salários, premiações, bônus, contratos com fornecedores de material esportivo e licenciamento de produtos, entre outros.

A lista dos 10 atletas mais bem pagos da década segundo a Forbes:

1. Floyd Mayweather (boxe): US$ 915 milhões (R$ 3,7 bilhões)
2. Cristiano Ronaldo (futebol): US$ 800 milhões (R$ 3,2 bilhões)
3. Lionel Messi (futebol): US$ 750 milhões (R$ 3 bilhões)
4. LeBron James (basquete): US$ 680 milhões (R$ 2,7 bilhões)
5. Roger Federer (tênis): US$ 640 milhões (R$ 2,6 bilhões)
6. Tiger Woods (golfe): US$ 615 milhões (2,5 bilhões)
7. Phil Mickelson (golfe): US$ 480 milhões (R$ 1,9 bilhão)
8. Manny Pacquiao (boxe): US$ 435 milhões (R$ 1,7 bilhão)
9. Kevin Durant (basquete): US$ 425 milhões (R$ 1,7 bilhão)
10. Lewis Hamilton (F-1): US$ 400 milhões (R$ 1,6 bilhão)

(Agência Estado)

Comentários