Esporte

Marc Márquez é o piloto a ser batido na MotoGP

Após duas provas realizadas neste ano, Márquez já lidera o campeonato, tendo sido o segundo colocado na etapa do Catar
Espanhol da Honda lidera campeonato e sai na pole em Austim, no Texas. Crédito da foto: AFP.

Vai ser difícil alguém derrubar a aura de imbatível de Marc Márquez em Austin. Vencedor das seis edições já realizadas da etapa das Américas da MotoGP, o espanhol da Honda deu um passo importante para conquistar novo triunfo na prova ao conquistar neste sábado a pole position para a corrida de domingo, a terceira das 19 previstas para a temporada. A etapa das Américas da MotoGP vai ser disputada neste domingo em Austin, com largada prevista para as 16 horas (de Brasília).

Após duas provas realizadas neste ano, Márquez já lidera o campeonato, tendo sido o segundo colocado na etapa do Catar e o vencedor da prova na Argentina, onde também faturou a pole position. Assim, começou bem a busca pelo seu sexto título mundial nos últimos sete anos.

Márquez cravou o tempo de 2min03s787 para garantir com facilidade a pole position neste sábado, apesar de ter sofrido com alguns momentoS instáveis na longa reta no Circuito das Américas. Vários pilotos se queixaram das condições da pista, que foi construída para sediar uma prova de Fórmula 1 e recebeu há três semanas una corrida da Fórmula Indy.

Leia mais  Rodada define 3 semifinalistas na Taça Baltazar Fernandes

Para melhorar o cenário de Márquez, o italiano Andrea Dovizioso, que venceu no Catar e foi o terceiro colocado na Argentina, estando a apenas quatro pontos do espanhol na classificação do campeonato, teve desempenho ruim na definição do grid e vai largar neste domingo apenas do 13º lugar.

O dia também teve outros problemas para os pilotos, com o cancelamento do terceiro treino livre por conta de uma tempestade com raios. Mas aos poucos as condições do Circuito das Américas foram melhorando, com a sessão de classificação sendo realizada com a pista seca.

Quem mais se aproximou de Márquez na sessão foi o italiano Valentino Rossi, da Yamaha, que garantiu o segundo lugar com a marca de 2min04s060. E o britânico Cal Crutchlow, da LCR Honda, vai fechar a primeira fila do grid, na terceira posição, após fazer o tempo de 2min04s147.

Leia mais  ’Tenho fé em Deus que no domingo vamos classificar’, diz Armani, herói argentino

O australiano Jack Miller, da Pramac Ducati, veio logo atrás, na quarta colocação, com 2min04s416, seguido por três espanhóis: Pol Espargaró, da KTM, Maverick Viñales, da Yamaha, e Álex Rins, da Suzuki. E a relação dos dez primeiros do grid também conta, em ordem, com o italiano Danilo Petrucci, da Ducati, o francês Fabio Quartararo e o italiano Franco Morbidelli, ambos da SIC Yamaha. Já o espanhol Jorge Lorenzo, companheiro de Márquez na Honda, garantiu somente o 11º lugar. (Estadão Conteúdo)

 

Comentários

CLASSICRUZEIRO