Esporte

Maracanã se candidata para sediar final da Libertadores 2020

Estádio já foi sede de pelo menos um dos jogos da final do campeonato em três edições: em 1981, em 1998 e em 2008
Em 2020, o Maracanã completa 70 anos – Crédito da foto – Carlos Magno

O governo do Rio de Janeiro oficializou a candidatura do Estádio Jornalista Mário Filho – Maracanã – para sediar a final da Copa Libertadores da América 2020. A final, que era disputada em dois jogos até o ano passado, passará a ser, a partir deste ano, decidida em apenas uma partida. A partida decisiva da Libertadores 2019, por exemplo, será disputada no Estádio Nacional, em Santiago, no Chile.

A oficialização da candidatura do Maracanã foi entregue na quinta-feira (24) pelo governador do Rio, Wilson Witzel, ao presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), Rogério Caboclo, e ao presidente da Confederação Sul Americana de Futebol (Conmebol), Alejandro Domínguez.

Leia mais  Na preparação para Libertadores, São Paulo testará time na Florida Cup

 

A entrega ocorreu durante sorteio da fase de grupos da Copa América, na Cidade das Artes, na Barra da Tijuca. Em 2020, o Maracanã completa 70 anos. O estádio passou por uma grande reforma para a Copa do Mundo de 2014.

O estádio já foi sede de pelo menos um dos jogos da final da Libertadores da América em três edições: em 1981 (Flamengo x Cobreloa), em 1998 (Vasco x Barcelona) e em 2008 (Fluminense x LDU). O Maracanã também foi palco das finais das Copas do Mundo de 1950 e de 2014. (Vitor Abdala – Agência Brasil) 

Comentários