Buscar no Cruzeiro

Buscar

Acervo

Magnus vence Minas e é campeão da Supercopa de 2021

28 de Fevereiro de 2021
Marina Bufon [email protected]

A campanha do Magnus foi composta de três jogos e 100% de aproveitamento. Crédito da foto: Magnus.

O Magnus começou a temporada 2021 como terminou a anterior: vencendo torneio de forma invicta. A equipe conquistou neste domingo (28) a Supercopa de futsal depois de aplicar 5 a 1 no Minas Tênis Clube na grande final, na Arena Sorocaba. Agora, os comandados de Ricardinho disputarão uma vaga para a Libertadores deste ano contra o Corinthians, campeão da Supercopa de 2020.

A campanha do Magnus foi composta de três jogos e 100% de aproveitamento: 3 a 1 sobre o Dois Vizinhos (PR) na estreia, 7 a 3 no Minas e, neste domingo (28), 5 a 1 na grande final.

A Supercopa Magnus de Futsal contou com o campeão da Liga Nacional (Magnus), Copa do Brasil (Dois Vizinhos) e Taça Brasil (Minas). A Libertadores de 2021 acontecerá em Montevidéu, Uruguai, em maio.

O jogo

Início de partida extremamente disputado, com o Magnus sufocando o Minas, que aproveitou erros individuais para tentar chegar. No entanto, os donos da casa abriram o marcador com Charuto, em belo chute da esquerda após troca rápida de passes.

O jogo continuou intenso e rápido, lá e cá, com superioridade do Sorocaba, que chegava com perigo em diversas oportunidades, para grandes defesas do goleiro Françoar. O capitão Rodrigo recebeu na ala e soltou uma bomba para ampliar. Quase na sequência, Lucas Gomes fez um golaço pela direita, 3 a 0.

Na volta do intervalo, a temperatura esquentou ainda mais, com cartões distribuídos e novas oportunidades do Sorocaba, que ampliou com Alisson em chute cruzado do lado esquerdo após contra-ataque rápido. O quinto gol quase foi dele de novo, após intensa troca de passes e chute raspando na trave.

Com goleiro-linha, o Minas tentou ir para cima, mas a defesa do Magnus estava muito bem postada e, quando a bola passava, Djony defendia com tranquilidade. Os visitantes conseguiram diminuir a diferença em belo lance de Renato, que passou para Ribeiro marcar na segunda trave.

Depois do gol, o Minas foi para cima para tentar fazer mais um, mas o placar não foi modificado para eles, e sim para o Magnus, que aproveitou o gol sem goleiro e marcou com Kevin para dar os números finais. (Marina Bufon)