Buscar no Cruzeiro

Buscar

Acervo

Magnus atinge marca recorde no YouTube e ganha placa

18 de Março de 2021
Marina Bufon [email protected]

Rodrigo, capitão do Magnus, segurando a placa que o clube ganhou do YouTube por atingir 100 mil inscritos. Crédito da foto: Guilherme Mansueto.

O Magnus atingiu uma marca impressionante nesta semana: 100 mil inscritos em seu canal no YouTube, tornando-se o maior da modalidade em todo o mundo, e, por isso, ganhou uma placa como reconhecimento. O resultado veio depois de muito trabalho de toda a equipe e foi alavancado por um grande projeto do ano passado, a série "Vai para cima, Fred", um dos apresentadores do canal "Desimpedidos".

"É uma marca muito importante para a gente, principalmente para o futsal. A gente vem lutando pela modalidade há muito tempo. É um pensamento do presidente Felipe Drummond que, há alguns anos, já vem tentando se aproximar da torcida de uma forma diferente", iniciou Guilherme Mansueto, responsável pela comunicação do time.

Segundo o profissional, as redes sociais e, consequentemente o canal na plataforma de vídeos, foram uma forma de atingir melhor a torcida, ganhar o carinho do torcedor e, por fim, crescer de todas as formas, afinal, isso gera não só maior visibilidade, mas também patrocínios e dinheiro.

"O Rodrigo (Hardy, capitão do Magnus) também é peça fundamental nisso, ele entendeu essa importância e briga muito pelo crescimento da modalidade, então é peça fundamental. Depois da série, foi um dos que conseguiu surfar nessa onda e cresceu muito nas redes sociais. A gente, então, criou um quadro no canal para ele. Tem um vídeo com o chute dele que está chegando a quase um milhão de visualizações, uma marca importante também", continuou.

O canal do Magnus já existia antes da série com Fred, mas conseguiu resultados ainda mais positivos depois dela. Mansueto informou que o time hoje faz parte da produtora do Desimpedidos, portanto, muita coisa boa deve vir por aí.

"Temos as portas abertas para criar conteúdo com todos que estão lá dentro, e isso é muito legal também. A pandemia atrapalhou um pouco, mas com o fim dela, a ideia é fazer o canal crescer mais ainda. A gente não quer falar só do Magnus, quer englobar toda a modalidade e trazer também o futsal feminino, com o Magnus Taboão, e muito mais", finalizou. (Marina Bufon)