Esporte

Luiz Adriano marca três, Palmeiras vence Fluminense e encosta na ponta

Vitória por 3 a 0 põe o Verdão a três pontos do líder Flamengo e a um do Santos na classificação
Luiz Adriano
Luis Adriano comemora mais um gol do Palmeiras contra o Fluminense. Crédito da Foto: Alex Silva/Estadão Conteúdo (10/9/2019)

Com três gols de Luiz Adriano, o Palmeiras venceu o Fluminense por 3 a 0, nesta terça-feira à noite (10), e refez as pazes com seus torcedores no Allianz Parque. O resultado manteve o time alviverde na terceira colocação do Campeonato Brasileiro, mas agora com 36 pontos, a apenas três do líder Flamengo e a um do vice-líder Santos.

Leia mais  Mano Menezes é anunciado como novo técnico do Palmeiras

 

Os quase 28 mil palmeirenses que foram acompanhar a partida, atrasada da 16ª rodada do Brasileirão, chegaram ressabiados ao estádio com a equipe por causa da recente eliminação na Libertadores e da sequência de jogos ruins. Nas arquibancadas houve pedido pela saída de Alexandre Mattos, gerente de futebol do clube, e cobrança por um melhor futebol. Luiz Adriano, no entanto, tratou de acabar com esse clima de desconfiança.

O Palmeiras começou o jogo ligado e os visitantes praticamente não pegaram na bola nos dez minutos iniciais. Os anfitriões abriram o placar em jogada pela esquerda. Diogo Barbosa bateu cruzado na trave e Luiz Adriano aproveitou o rebote para tirar o zero do marcador.

Mas, no restante da primeira etapa, o Palmeiras recuou e passou a dar espaço para o Fluminense, que ficou com mais posse de bola Também faltava velocidade ao time da casa para matar o jogo no contra-ataque. E por pouco não levou o empate. João Pedro recebeu bela assistência de Ganso e errou frente a frente com Fernando Prass.

Na volta do intervalo, os comandados de Mano Menezes retornaram ligados novamente e sacramentaram a vitória graças a dois vacilos de marcação da zaga do Fluminense. Dudu cruzou rasteiro da direita e Luiz Adriano apareceu livre na área para ampliar, aos 12. Cinco minutos depois, Marcos Rocha mandou na área pelo alto e o camisa 10 estava novamente sem marcação para fechar o placar.

O técnico Mano Menezes ainda tirou Luiz Adriano aos 23 para o atleta ter o seu nome gritado pelos torcedores. Borja entrou em seu lugar. O Fluminense sentiu o baque do terceiro gol, não criou mais nada nos minutos finais e o Palmeiras também tirou o pé do acelerador com as entradas de Raphael Veiga e Thiago Santos.

Após o seu segundo triunfo seguido em dois jogos sob o comando de Mano, o time palmeirense voltará a campo no próximo sábado, quando fechará a sua campanha no primeiro turno do Brasileirão contra o Cruzeiro, às 19 horas, no Allianz Parque. Já o Fluminense enfrentará o Corinthians no domingo, às 16h, no Mané Garrincha, em Brasília. (João Prata – Estadão Conteúdo)

Ficha técnica

Palmeiras 3 x 0 Fluminense

Palmeiras – Fernando Prass; Marcos Rocha, Luan, Vitor Hugo e Diogo Barbosa; Felipe Melo, Bruno Henrique (Thiago Santos) e Gustavo Scarpa (Raphael Veiga); Dudu, Willian e Luiz Adriano (Borja). Técnico: Mano Menezes

Fluminense – Muriel; Gilberto, Nino, Digão e Caio Henrique; Aírton (Yuri Lima), Paulo Henrique Ganso (Dodi) e Nenê; Wellington Nem (Marcos Paulo), Yony González e João Pedro. Técnico: Oswaldo de Oliveira

Gols – Luiz Adriano, aos 8 minutos do primeiro tempo, e aos 12 e aos 17 do segundo

Árbitro – Anderson Daronco (RS)

Cartões amarelos – Wellington Nem e Airton (Fluminense)

Público – 27.956 pagantes

Renda – R$ 1.557.517,40

Local – Allianz Parque, em São Paulo

Comentários

CLASSICRUZEIRO