Buscar no Cruzeiro

Buscar

Acervo

Luciano resolve no 2º tempo e São Paulo vence

27 de Agosto de 2020

Luciano resolve no 2º tempo e São Paulo vence De cabeça, o camisa 11 deu a vitória ao Tricolor contra o Athletico-PR. Crédito da foto: Rubens Chiri / saopaulofc.net (26/8/2020)

O São Paulo fez um primeiro tempo ruim, mas cresceu na etapa final e conseguiu superar o Athletico-PR por 1 a 0 na noite de ontem (26), no Morumbi, em duelo adiantado da 11ª primeira rodada do Campeonato Brasileiro. O triunfo foi assegurado com gol de Luciano e, mesmo criticado, o Tricolor chegou ao terceiro jogo sem perder, subindo para a terceira posição, com 10 pontos em cinco jogos. O Athletico-PR parou nos seis pontos, na décima colocação.

O técnico Fernando Diniz repetiu a escalação do jogo contra o Sport e mais uma vez o São Paulo não jogou bem na primeira etapa, na qual o Athletico-PR foi superior e teve as melhores chances para abrir o placar. No lance de mais perigo, Léo Cittadini obrigou Tiago Volpi a fazer defesa difícil.

Isso se inverteu na etapa final. Com as entradas de Hernanes e Paulinho Bóia, o Tricolor ficou mais criativo e passou a dominar a partida. Aos dez minutos, Bóia arrancou em velocidade e achou Luciano dentro da área, mas a zaga afastou. Na sequência, Luciano recebeu cruzamento de Daniel Alves e desviou de cabeça para a defesa de Santos.

O gol do São Paulo saiu após cobrança de escanteio, aos 19 minutos do segundo tempo. A bola sobrou na primeira trave e Luciano, sozinho, completou de cabeça para abrir o marcador. Agora ele soma dois gols e uma assistência em três jogos.

O ritmo diminuiu depois do gol, especialmente após a saída de Daniel Alves, que deixou o campo machucado. Ainda assim, o time tricolor pouco sofreu e não teve trabalho para sustentar a vantagem. O Tricolor pega o Corinthians, domingo, às 11 horas, no Morumbi, pela sexta rodada. (Ricardo Magatti - Estadão Conteúdo)

SÃO PAULO 1 x 0 ATHLETICO-PR

São Paulo - Tiago Volpi; Igor Vinicius, Diego, Léo e Reinaldo; Tchê Tchê (Liziero), Daniel Alves (Luan) e Gabriel Sara (Hernanes); Luciano (Igor Gomes), Vitor Bueno (Paulinho Bóia) e Pablo. Técnico: Fernando Diniz

Athletico-PR - Santos; Khellven, Lucas Halter, Pedro Henrique e Abner; Wellington, Richard (Fernando Canesin) e Léo Cittadini (Lucho González); Geuvânio (Christian), Bissoli (Vinicius Mingotti) e Pedrinho (Jajá). Técnico: Dorival Júnior

Gol - Luciano, aos 19 minutos do segundo tempo

Cartões amarelos - Igor Vinícius e Reinaldo (São Paulo); Pedrinho (Athletico-PR)

Árbitro - Marcelo de Lima Henrique (RJ)

Local - Estádio do Morumbi, em São Paulo (SP)