Buscar no Cruzeiro

Buscar

Acervo

John fecha o gol e Santos bate o Inter

15 de Novembro de 2020

John fecha o gol e Santos bate o Inter O quarto goleiro do Peixe mostrou serviço. Crédito da foto: Ivan Storti / Santos FC (14/11/2020)

Com 15 desfalques, sendo 11 deles por Covid-19, o Santos não queria enfrentar o Internacional ontem (14), na Vila Belmiro, e chegou a pedir na CBF o adiamento do jogo. Não atendido, teve de utilizar inúmeros jovens da base. Viu John, até então quarta opção para o gol, fazer belas defesas e o time mostrar eficiência na frente para superar o então líder por 2 a 0. O Peixe foi aos 33 pontos e está na briga pela taça, enquanto os gaúchos chegaram ao quarto jogo sem triunfo, estacionados nos 36 pontos.

Ao todo, foram 19 baixas no departamento de futebol, entre eles 11 jogadores e o técnico Cuca, internado em São Paulo, mas já fora da UTI. E com Soteldo na seleção venezuelana. De última hora, também pelo vírus, os santistas acabaram ficando sem o preparador físico Omar Feitosa, que dirigiria a equipe. A missão de comandar o remendado time ficou com Marcelo Fernandes.

Em um jogo com times bem mexidos, os olhos estavam nos artilheiros Thiago Galhardo, do Inter, com 15 gols, e no santista Marinho, com 12. O primeiro tempo, contudo, foi desanimador. O Inter voltou melhor do intervalo, sufocando o Santos, até que Rodinei cometeu falta boba na lateral, Ivonei bateu a meia altura, ninguém desviou e a bola enganou Marcelo Lomba. Peixe 1 a 0, aos 13 minutos do segundo tempo.

Enquanto John Victor garantia a meta santista com grandes defesas, o Santos aproveitou um erro do Inter para matar o jogo, dez minutos depois. Rodinei bobeou, Marinho roubou a bola e partiu em alta velocidade. Seu chute parou nos pés de Lomba, que ainda espalmou a finalização de Arthur Gomes. Kaio Jorge, de cabeça, não desperdiçou o segundo rebote: 2 a 0. (Estadão Conteúdo)

SANTOS 2 x 0 INTERNACIONAL

Santos - John Victor; Pará, Luiz Felipe, Luan Peres e Wagner Leonardo; Vinicius Baloeiro, Ivonei (Arthur Gomes) e Felipe Jonatan; Kaio Jorge (Tailson), Lucas Braga (Marcos Leonardo) e Marinho. Técnico: Marcelo Fernandes

Internacional - Marcelo Lomba; Rodinei, Cuesta, Zé Gabriel e Uendel; Rodrigo Dourado (Praxedes), Edenilson (Rodrigo Lindoso), Marcos Guilherme (Leandro Fernández) e Maurício (D’Alessandro); Thiago Galhardo e Abel Hernández (Yuri Alberto). Técnico: Abel Braga

Gols - Ivonei, aos 13, e Kaio Jorge, aos 23 minutos do 2º tempo.

Árbitro - Sávio Pereira Sampaio (DF)

Cartões amarelos - Rodinei, Rodrigo Lindoso (Internacional) e Kaio Jorge (Santos)

Local - Estádio da Vila Belmiro, em Santos (SP)