Esporte

Invicto, Palmeiras conta com a estrela de Veron e vira sobre o Bragantino

Com a vitória o Palmeiras subiu para o G4 do Brasileiro
O resultado deixou o Palmeiras no G$ do Brasileiro. Crédito da foto: Estadão Conteúdo.

Único invicto no Campeonato Brasileiro, o Palmeiras voltou a vencer depois de dois empates. A equipe derrotou o Red Bull Bragantino de virada, por 2 a 1, em duelo válido pela oitava rodada, graças à atuação decisiva do jovem Gabriel Veron, que saiu do banco para balançar as redes e dar a assistência para o outro gol.

Apesar do calor na manhã deste domingo (6), com temperatura de 29ºC em Bragança Paulista, os times fizeram um jogo bem movimentado. Insatisfeito com as últimas atuações, o técnico Vanderlei Luxemburgo apostou na entrada de Wesley na equipe.

O jovem atuou aberto pela esquerda, enquanto Lucas Lima foi deslocado para o lado direito. As mudanças na formação até deixaram o Palmeiras mais criativo, mas não foram suficientes para o time ter um bom desempenho na primeira etapa.

O primeiro tempo foi bastante disputado e equilibrado, mas sem grandes chances claras. A etapa final começou mais animada, e logo aos três minutos o Palmeiras teve gol bem anulado, porque Viña estava em impedimento quando cabeceou.

Aos oito, o Bragantino abriu o placar, com Claudinho, que viu seu chute desviar em Gustavo Gómez e encobrir Weverton. Na sequência, o Palmeiras reclamou de possível pênalti após a bola ter batido no braço de Aderlan, mas o jogo seguiu.

Luxemburgo, então, resolveu fazer três substituições de uma vez. E surtiu efeito: Gabriel Veron aproveitou cruzamento de Gabriel Menino e empatou de cabeça. Ele não jogava desde março, antes da parada do futebol por causa da pandemia do coronavírus, em razão de uma lesão na coxa direita.

Na última quinta-feira, Veron completou 18 anos e renovou contrato até setembro de 2025. O atacante é uma das principais promessas do Palmeiras nos últimos anos.

Na parte final da partida, nem mesmo as várias substituições e a parada para hidratação travaram o jogo. As equipes passaram a se arriscar mais em busca da vitória, com a partida totalmente aberta.

E o Palmeiras conseguiu a virada aos 48, quando Veron recebeu lançamento de Raphael Veiga, disparou pela esquerda e tocou para Willian completar para o gol. O Bragantino praticamente não tinha tempo para buscar o empate e viu a situação ficar mais complicada com a expulsão de Morato, que deu um empurrão em Danilo.

Ele havia recebido apenas o amarelo, mas o árbitro viu o lance no monitor do VAR e trocou o cartão pelo vermelho. O Palmeiras administrou os minutos finais e voltou a vencer o Brasileirão.

O resultado deixou o Palmeiras perto dos primeiros colocados, com 13 pontos. Já o Bragantino, que teve a estreia do técnico Maurício Barbieri, segue na zona de rebaixamento, com seis pontos.

FICHA TÉCNICA

RED BULL BRAGANTINO 1 X 2 PALMEIRAS

RED BULL BRAGANTINO – Cleiton; Aderlan, Léo Ortiz, Ligger e Edimar; Matheus Jesus, Ryller (Uillian Correia) e Leandrinho (Bruno Tubarão); Claudinho (Morato), Artur (Hurtado) e Ytalo (Alerrandro). Técnico: Maurício Barbieri.

PALMEIRAS – Weverton; Mayke (Willian), Gustavo Gómez, Vitor Hugo e Matías Viña; Patrick de Paula (Danilo), Gabriel Menino, Zé Rafael (Bruno Henrique), Lucas Lima (Raphael Veiga) e Wesley (Gabriel Veron); Luiz Adriano. Técnico: Vanderlei Luxemburgo.

GOLS – Claudinho, aos nove, Gabriel Veron, aos 23, e Willian, aos 48 do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS – Ryller (Red Bull Bragantino); Gómez e Vitor Hugo (Palmeiras)

CARTÃO VERMELHO – Morato (Red Bull Bragantino)

Árbitro: Rodrigo Miranda (RJ).

Local: Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista. (Estadão Conteúdo)

Comentários