Buscar no Cruzeiro

Buscar

Acervo

Interlagos sediará GP por mais cinco anos

17 de Dezembro de 2020

Interlagos sediará GP por mais cinco anos A prova em Interlagos passará a se chamar GP de São Paulo. Crédito da foto: Nelson Almeida / AFP (11/11/2018)

A Fórmula 1 oficializou ontem (16) o contrato de renovação com a Prefeitura de São Paulo para realizar por mais cinco anos no Autódromo de Interlagos uma etapa do campeonato. A prova deixará de se chamar GP do Brasil e será conhecida como GP de São Paulo. A próxima edição será em 14 de novembro de 2021, a antepenúltima do calendário.

São Paulo venceu a concorrência com uma candidatura do Rio de Janeiro para manter o GP do Brasil. O projeto liderado pelo consórcio Rio Motorsports pretende construir um autódromo em Deodoro. O empreendimento avaliado em R$ 700 milhões acabou descartado pela categoria por ainda não ter conseguido as licenças ambientais.

“O Brasil é um mercado muito importante para a F1, com fãs dedicados e uma longa história no esporte. A corrida no Brasil sempre foi um destaque para nossos fãs, pilotos e nossos parceiros e estamos ansiosos para proporcionar aos fãs da F1 uma corrida emocionante em Interlagos em 2021 e nos próximos cinco anos”, disse o chefe da Fórmula 1, Chase Carey.

A categoria realizou pela primeira vez uma prova oficial em Interlagos em 1973. Nos anos 1980, algumas edições do GP do Brasil foram disputadas no Rio, em Jacarepaguá. Desde 1990 a capital paulista voltou a ser a sede da etapa brasileira. A única exceção foi neste ano, quando a pandemia do novo coronavírus alterou radicalmente o calendário. (Estadão Conteúdo)