Buscar no Cruzeiro

Buscar

Acervo

Goleada por 5 a 1 entra para a história de Itaquera

20 de Outubro de 2020

Goleada por 5 a 1 entra para a história de Itaquera Em 210 jogos na sua arena, o Corinthians nunca havia sofrido cinco gols. Crédito da foto: Robson Fernandes / Allsports (18/10/2020)

A goleada do Flamengo por 5 a 1 sobre o Corinthians entrou para a história da Neo Química Arena. Em 210 jogos em sua arena, o time alvinegro nunca havia levado cinco gols. E desde 2005, o Corinthians não era derrotado por um placar tão dilatado como mandante.

A última partida em que isso aconteceu foi em 2005, diante do São Paulo, no Pacaembu, pelo Brasileirão, o que levou à demissão do treinador Daniel Passarela. Curiosamente, o Corinthians acabou sendo campeão brasileiro naquele ano, e o São Paulo, campeão Mundial e da Libertadores.

O Timão não perdia um jogo levando cinco gols há seis anos. Em 2014, o time foi goleado duas vezes, ambos fora de casa: pelo Santos, na Vila Belmiro, no Paulistão, por 5 a 1; e contra o Fluminense, no Maracanã, em jogo do Campeonato Brasileiro, por 5 a 2. Mano Menezes estava à frente do time nas duas ocasiões.

Foi, ainda, a sexta vez que o Flamengo marcou cinco gols no Corinthians. Mas fazia tempo que isso não acontecia. Antes deste domingo, o resultado havia se repetido apenas no Brasileirão de 1994. Na ocasião, 5 a 2 para os cariocas.

Depois do jogo, na noite de domingo (18), o técnico Vagner Mancini disparou críticas para todos os lados. O treinador detonou a falta de empenho de alguns jogadores na marcação, a forma desordenada de atacar e a falta de competitividade. “Vou tentar ser o mais sincero possível: o Flamengo jogou de uma forma que nós já sabíamos. Mas o Corinthians atuou de uma forma muito abaixo”, admitiu.

“Jogar diante de um time que foi campeão brasileiro e da Libertadores ano passado, por si só, exige um cuidado especial. E fomos muito abaixo do que todos nós esperávamos. Em alguma parte a equipe até competiu, mas na maior parte não foi competitiva como a gente quer que seja”, desabafou.

Reforço

O Corinthians oficializou no fim da tarde de ontem (19) o primeiro reforço pedido pelo técnico Vagner Mancini. O lateral-esquerdo Fábio Santos assinou contrato até dezembro de 2021 e chega para assumir a posição. O experiente jogador de 35 anos fará sua segunda passagem pelo clube e tentará ajustar a defesa corintiana, ponto fraco em 2020. Ele foi jogador de Mancini no Atlético-MG, em 2019.

O acerto ocorreu na sexta-feira. Faltavam os exames médicos, por isso não foi oficializado antes. Fábio Santos foi aprovado nesta segunda-feira e já assinou o vínculo de 15 meses. O Corinthians visita o Vasco amanhã (21), pelo Brasileirão, porém a estreia de Fábio Santos deve acontecer na partida de ida das oitavas de final da Copa do Brasil, diante do América-MG, dia 28. Até lá o clube espera fechar, também, com um zagueiro. (Estadão Conteúdo)

CORINTHIANS 1 x 5 FLAMENGO

Corinthians - Cássio; Fagner, Marllon, Gil e Lucas Piton; Xavier, Camacho (Gabriel) e Otero (Mantuan); Everaldo (Gustavo Mosquito), Matheus Vital (Cazares) e Boselli (Luan). Técnico: Vagner Mancini

Flamengo - Hugo Souza; Isla, Gustavo Henrique (Gabriel Noga), Natan e Filipe Luís; Thiago Maia (William Arão), Gerson e Éverton Ribeiro (Lincoln); Vitinho (Diego), Bruno Henrique e Pedro (Ramon). Técnico: Domènec Torrent

Gols - Éverton Ribeiro, aos 31 minutos do primeiro tempo. Vitinho, aos 7, Natan, aos 12, Gil, aos 18, Bruno Henrique, aos 26, e Diego, aos 40 minutos do segundo tempo

Cartões amarelos - Xavier, Otero, Luan e Camacho (Corinthians); Gérson, Filipe Luís, Bruno Henrique, Natan e Thiago Maia (Flamengo)

Árbitro - Leandro Pedro Vuaden (RS)

Local - Neo Química Arena, em São Paulo (SP)