Buscar no Cruzeiro

Buscar

Acervo

Garotos marcam e Santos vence Deportivo Lara

10 de Março de 2021

Garotos marcam e Santos vence Deportivo Lara Kaiky (foto) e Vinicius Balieiro, crias da base, fizeram primeiros gols entre profissionais. Crédito da foto: Ivan Storti / Santos FC (9/3/2021)

O Santos contou com o primeiro gol entre os profissionais de dois jovens formados na sua base para abrir vantagem na segunda fase preliminar da Copa Libertadores. Ontem (9), na Vila Belmiro, Vinicius Balieiro e Kaiky marcaram na vitória sobre o Deportivo Lara por 2 a 1 -- todos no segundo tempo. Ângelo, também garoto, foi grande destaque do primeiro tempo.

A primeira vitória em cinco compromissos, sendo dois com Ariel Holan, deixou o time com a vantagem de só precisar de um empate na terça-feira, em Caracas, para avançar à terceira fase preliminar da Libertadores. Antes, no sábado, enfrentará o Ituano, também na Vila Belmiro, pelo Campeonato Paulista.

Após a derrota por 4 a 0 para o São Paulo em sua estreia, Holan fez mudanças na escalação e dobrou a aposta em atletas recém-promovidos da base. Peças importantes ficaram de fora do confronto, como Pará, Marinho e Kaio Jorge. Assim, Marcos Leonardo e Ângelo receberam uma chance no ataque e Kaiky foi escalado na zaga. João Paulo recuperou a sua vaga no gol, com Vinicius Balieiro sendo improvisado na lateral direita.

Dessas apostas, uma se mostrou certeira logo nos minutos iniciais. Ângelo, de apenas 16 anos, foi o jogador mais perigoso do ataque santista no primeiro tempo. Na ponta direita, apostou em sua velocidade e dribles, buscou tabelas e fez lances individuais. Já o Deportivo Lara articulou alguns bons contra-ataques, principalmente pela esquerda, dando trabalho a João Paulo em uma cobrança de falta.

Pela necessidade de vencer em casa, o Santos buscou ocupar o ataque logo no começo da etapa final. E em uma jogada com a participação dos seus dois volantes abriu o placar: Sandry cortou a marcação e passou para Alison cruzar. O corte parcial da defesa deixou a bola nos pés de Balieiro, outro volante, mas improvisado na lateral, finalizar e fazer 1 a 0, aos 4 minutos. Só que o Deportivo Lara empatou na sequência. Após cobrança de escanteio, Anzorla se antecipou a Lucas Braga e mandou para as redes aos 6’.

O Peixe flertou com o desastre ao ver outro gol de Anzorla ser anulado por impedimento, mas conseguiu passar novamente à frente do placar. E com outra promessa da base, o zagueiro Kaiky, que subiu alto para testar às redes após cobrança de escanteio de Jean Mota, aos 25.

No fim, o Santos buscou o terceiro gol, mas Lucas Braga, Jean Mota e Gabriel Pirani não aproveitaram suas chances. Também não pode reclamar da sorte, pois João Paulo deu um susto ao dar um carrinho errado na lateral para afastar a bola. E ainda mostrou que seus jovens deverão ser importantes na sequência da temporada. (Leandro Silveira - Estadão Conteúdo)

SANTOS 2 x 1 DEPORTIVO LARA

Santos - João Paulo; Vinicius Balieiro, Kaiky, Luan Peres e Felipe Jonatan; Alison, Sandry (Gabriel Pirani) e Soteldo; Lucas Braga, Marcos Leonardo (Jean Mota) e Ângelo (Bruno Marques). Técnico: Ariel Holan

Deportivo Lara-VEN - Curiel; España, Anzola, Cristopher Rodríguez e Sifontes; Segovia (Castillo), Bueno, Melean, Barrios (Jesús Silva) e Darwin Gómez; Salazar (Ángel Sánchez). Técnico: Martín Brignani

Gols - Vinicius Balieiro, aos 5, Anzola, aos 7, e Kaiky, aos 25 minutos do 2º tempo

Árbitro - Andrés Matonte (Uruguai)

Cartões amarelos - Alison, Anzola, Martín Brignani, Darwin Gómez, Vinicius Balieiro e Castillo

Local - Vila Belmiro, em Santos (SP)