Esporte

FPF volta atrás e leva jogo do Paulistão para o RJ

Entidade havia anunciado suspensão de três rodadas do Campeonato Paulista
Virou bagunça
Sede da Federação Paulista de Futebol, em São Paulo. Crédito da foto: Divulgação / FPF

A bagunça que tomou conta do Paulistão 2021 após o início da vigência da fase emergencial da quarentena em São Paulo, que impede a realização de atividades esportivas coletivas até o dia 30 de março, teve um novo capítulo ontem (22). Depois de anunciar, pela manhã, que três rodadas seriam suspensas em decisão conjunta com os 16 clubes participantes da Série A1 e os sindicatos de atletas, árbitros e treinadores, a Federação Paulista de Futebol (FPF) voltou atrás e marcou Mirassol x Corinthians para hoje (23), às 21h, em Volta Redonda, no Rio de Janeiro.

Em nota oficial, a FPF justificou que a realização do jogo fora de São Paulo foi possível após acordo com o Governo do Estado do Rio, com a Prefeitura de Volta Redonda e com a Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (Ferj). A entidade disse que o agendamento da partida cumpre um plano de organizar alguns jogos pontuais fora do Estado de São Paulo para minimizar o impacto da paralisação.

Leia mais  Pesquisador vê ‘bolha’ como única alternativa para volta do Paulistão

A Federação Paulista ainda queria marcar o jogo entre São Bento e Palmeiras para as 17h de hoje. O cancelamento da partida foi confirmada pelo próprio Azulão, em comunicado divulgado à imprensa. Por volta das 18h30, a equipe recebeu aviso da FPF de que não precisaria viajar para Volta Redonda.

A marcação do jogo entre Mirassol e Corinthians veio poucas horas após a própria FPF emitir um comunicado para avisar que as rodadas 5, 6 e 7 do Campeonato Paulista estariam suspensas. A decisão acatava uma ordem do governo estadual de suspender atividades esportivas coletivas em todo o Estado até 30 de março Pela manhã, a FPF e os clubes se comprometeram a somente retomar o Estadual no dia 31.

No entanto, logo depois a Prefeitura de Volta Redonda já começou a preparar o estádio Raulino de Oliveira para receber uma rodada dupla. Os funcionários realizaram a limpeza e sanitização do local. Pela cidade, também foram reservados hotéis para receber as delegações dos times paulistas.

Leia mais  São Paulo oficializa contratação de Benítez

É provável que mais outros jogos do Estadual também sejam realizados em Volta Redonda pelos próximos dias. Como só é possível realizar partidas em São Paulo depois do dia 30 de março, a FPF pensa em marcar para a cidade algumas partidas para ajudar a livrar o calendário. Uma possibilidade em questão é marcar para o estádio Raulino de Oliveira o clássico entre Palmeiras e São Paulo. Já o jogo entre São Bento e Palmeiras, por enquanto, segue sem local e data.

Do avesso

Em poucos minutos, a rotina de trabalho dos times envolvidos foi virada do avesso ontem. A delegação do São Bento, por exemplo, recebeu a notícia do jogo à tarde e estava reunida para jantar, preparada para embarcar no ônibus que partiria às 20h para Volta Redonda, quando recebeu o aviso do cancelamento da partida. Inconveniente parecido com o da semana anterior, quando a FPF tentou forçar o jogo na Arena Independência, em Belo Horizonte, e teve de recuar com o início da “fase roxa” na capital mineira.

Leia mais  Itapetininga cai na semi da Superliga

O Corinthians começou o dia sem saber quando voltaria a jogar e, no início da noite, descobriu que fará duas partidas seguidas em Volta Redonda. Depois de jogar com o Mirassol, pelo Paulistão, vai enfrentar o Retrô, pela segunda fase da Copa do Brasil, na sexta-feira, dia 26. O jogo ainda estava sem data e agora é o primeiro desta fase da competição com local, data e horário anunciados. (Da Redação, com informações de Estadão Conteúdo)

Comentários