Esporte

Fórmula 1 vai correr em Interlagos até 2025

Fórmula 1 vai correr em Interlagos até 2025
O autódromo de Interlagos sedia ininterruptamente o GP do Brasil desde 1990 e terá ciclo de mais cinco anos. Crédito da foto: Nelson Almeida / AFP (12/11/2020)

O governador de São Paulo, João Doria, anunciou ontem (12) que a cidade renovou contrato com Fórmula 1 para receber o GP do Brasil por mais cinco anos. Em entrevista coletiva, Doria disse que o acordo está assinado e garante, assim, a realização da etapa no autódromo de Interlagos no ciclo entre 2021 e 2025. O atual contrato de São Paulo com a Fórmula 1 termina no fim deste ano.

“Tenho o orgulho de anunciar que a Fórmula 1 acaba de renovar a realização do GP do Brasil de Fórmula 1 até 2025. O autódromo de Interlagos foi confirmado como sede do GP do Brasil de Fórmula 1 pelos próximos cinco anos. O contrato será assinado pelo prefeito Bruno Covas e o Liberty Media (grupo dono da Fórmula 1)”, disse o governador. Além de São Paulo, a Fórmula 1 admitia ter negociações para levar a prova ao Rio de Janeiro em um novo circuito a ser construído em Deodoro.

Leia mais  Palmeiras faz 3 a 0 no River e fica perto da final da Libertadores

O calendário provisório da Fórmula 1 para o ano que vem já trazia a presença de São Paulo, mas com a ressalva de a etapa precisar de confirmação contratual. Agora, Doria revelou o término da negociação. “É uma grande vitória para a cidade de São Paulo, para o Estado de São Paulo e para o Brasil. Vitória do bom senso, do equilíbrio e a vitória determinada por um trabalho competente liderado pelo Bruno Covas”, disse o governador.

O projeto do novo autódromo do Rio tem o apoio do presidente Jair Bolsonaro, que chegou a anunciar ano passado que o acordo com a Fórmula 1 estava quase fechado.

São Paulo tem sido a sede ininterrupta da prova desde 1990. O GP deste ano só foi cancelado por causa da pandemia do novo coronavírus, que acabou por causar uma radical mudança no cronograma da temporada. Com o acerto anunciado por Doria, a prova em São Paulo será disputada em 14 de novembro do ano que vem e será a antepenúltima do calendário.

Leia mais  Chuva atrapalha os treinos do Timão

Por enquanto não há informações sobre o valor a ser pago por São Paulo para realizar a corrida. A taxa de promoção que costuma a ser cobrada pelos donos da Fórmula 1 gira em torno de no mínimo R$ 150 milhões para etapas disputadas fora da Europa. O Rio chegou a acenar com um valor de até R$ 325 milhões entre taxas e receitas de ingressos VIP. Porém, o projeto de construção ainda não teve início porque depende de liberação de licenças ambientais.

Equipes definem seus pilotos para 2021

Em sua semana decisiva, na qual Lewis Hamilton pode garantir o seu sétimo título mundial, a Fórmula 1 chega à Istambul para o GP da Turquia, neste final de semana. E o mercado de pilotos anda continua agitado, com vagas em aberto para a próxima temporada. Hamilton, por exemplo, tem contrato com a Mercedes até o final deste ano e não renovou o seu vínculo para 2021.

Leia mais  Fortaleza e Coritiba estreiam técnicos

Na Red Bull, uma vaga está aberta para a próxima temporada. O mesmo ocorre com a AlphaTauri. Já a Haas não tem contrato com nenhum piloto para 2021. O Brasil, mais uma vez, não deverá ter ninguém no grid, já que nenhum corredor do País conseguiu até agora um lugar como piloto efetivo. (Estadão Conteúdo)

Comentários