Esporte

Fernando Alonso vai se aposentar da F1 ao fim da temporada

AFP

Bicampeão da Fórmula 1 em 2005 e 2006, o espanhol Fernando Alonso vai se aposentar a categoria ao final da temporada, anunciou nesta terça-feira a escuderia britânica McLaren. “Você me deu muito e eu acho que te dei o máximo. Juntos passamos muitos bons momentos, alguns inesquecíveis, outros realmente ruins”, disse o piloto de 37 anos em vídeo publicado em sua conta no Twitter no qual escreve uma carta à F1.

Nem Alonso nem a McLaren indicaram qual será o futuro do bicampeão mundial pela Renault. “Respeitamos sua decisão, mas achamos que está na melhor forma de sua carreira”, avaliou a McLaren. Alonso não sobe no pódio desde o início de 2015, chegando a 68 Grandes Prêmios sem estar entre os três primeiros colocados.

Campeão das 24 Horas de Le Mans comandando uma Toyota, em junho, Alonso não vence na F1 desde 2013. A última de suas 32 vitórias da categoria foi no GP da Espanha, pilotando uma Ferrari.

Duas vezes vencedor do GP de Monaco (2006 e 2007), só resta a Alonso o título das 500 Milhas de Indianápolis para levantar a “tríplice coroa” do automobilismo. A conquista o colocaria ao lado do inglês Graham Hill como um dos pilotos mais completos da história do esporte.

Leia mais  Vice-campeã mundial de caratê se isola em São Roque

“Hoje tenho outros desafios maiores dos que me pode oferecer”, disse Alonso à F1. A Fórmula Indycar e o Mundial de resistência da Toyota são alguns dos planos que podem estar na mente do piloto espanhol para o futuro.

Comentários