Esporte

Exposição dará o ‘pontapé inicial’ para o Museu do Esporte

A Secretaria de Esportes e Lazer (Semes) promoveu na noite desta quinta-feira (12), no Jornal Cruzeiro do Sul, a primeira reunião para discutir a criação do Museu do Esporte em Sorocaba. A ideia inicial, segundo o titular da Semes, Simei Lamarca, é realizar, na semana do dia 15 de agosto (aniversário da cidade), uma exposição em um espaço na parte térrea do Palacete Scarpa, com itens do acervo pessoal de esportistas e ex-esportistas da cidade. O encontro foi, sobretudo, para troca de ideias e sugestões. Entre outros nomes, estiveram presentes os ex-jogadores de futebol, Ademir de Barros (Paraná) e Odair Patriarca; as irmãs Vânia e Vanira, do basquete; e o ex-atleta do futsal Douglas Pierrotti.

De acordo com Lamarca, com a exposição como pontapé inicial, a implantação do Museu do Esporte ficaria mais viável de acontecer. “Tudo depende voluntariamente de nós”, afirmou. O espaço em que pretende que a mostra seja montada está passando por remodelação, pintura e ajustes na parte elétrica. A coordenação ficará à cargo de Cassiane Souza, funcionária da Semes. Ela comentou que já está em contato direto com a Secretaria da Cultura (Secultur) para entender as questões burocráticas que envolvem a destinação de itens do acervo dos atletas e ex-atletas. “Tudo precisa ser registrado, com uma espécie de ficha técnica”, disse.

Leia mais  Magnus Futsal adota o isolamento social

Lamarca explicou que, por conta de a história do esporte sorocabano ser vasta, inevitavelmente será feito um filtro para definir quais peças serão expostas. “De qualquer forma, a nossa ideia é que, quando o museu for realmente criado, haja uma espécie de rotatividade nos itens.” Ele quer, inclusive, que o museu sirva como espaço de visitação para escolas da cidade e da região. “É preciso preservar as memórias das conquistas. O que nós esportistas vivemos, quem não conhece jamais vai entender”, concluiu.

Comentários