Buscar no Cruzeiro

Buscar

Acervo

Estádio Walter Ribeiro está praticamente pronto para o São Bento na A2

19 de Janeiro de 2020

Estádio Walter Ribeiro está praticamente pronto para o São Bento na A2 Bentão cuida do campo para que não haja reclamação e nem prejudique a própria equipe. Crédito da foto: Luiz Setti (17/1/2020)

O gramado do Estádio Municipal Walter Ribeiro (CIC) já foi alvo de muitas críticas por jogadores e treinadores que enfrentam o São Bento na cidade. Até por pessoas de dentro do clube.

Com isso, a direção do time sorocabano está custeando uma revitalização da gramado. O piso passa por aplicação de produtos para controle de pragas, replantio de grama e a mesma fertilização utilizada nas grandes arenas do País.

“Vamos revitalizar o gramado. O São Bento, nos jogos em Sorocaba, precisa propor o jogo. Então, nós precisamos ter um gramado bom para que possamos desenvolver a boa prática do futebol”, explicou o presidente Márcio Rogério Dias. Além da manutenção do campo, a direção estuda viabilizar outros reparos no estádio.

“O São Bento tem a ideia de pintar as dependências no estádio. Já temos um termo de doação de tintas com a Semes, para que consiga efetuar esse trabalho. Para que a gente consiga deixar o CIC mais aconchegante”, disse o mandatário beneditino. O clube já reformou o vestiário dos atletas e construiu a sala de imprensa no Walter Ribeiro.

'Ferradura'

Uma obra que há muito tempo é um sonho do torcedor sorocabano é a da “ferradura”. Por conta da falta de um portão exclusivo para acesso ao local, a torcida visitante ocupa um dos melhores locais do estádio: uma das arquibancadas nas laterais do campo. Com isso, os fãs do São Bento perdem um grande espaço.

A obra por diversas vezes foi anunciada, mas nunca saiu do papel. “A gente torce para que a obra da ferradura deixe de ser um palanque político, que é há tempos, e vire realidade. Que nós consigamos esse sonho do torcedor de Sorocaba, para que a torcida visitante fique no local devido, que é atrás do gol, como em qualquer outro estádio”, avaliou o presidente do Bentão.

Concessão do estádio

Como maior usuário do CIC, a direção estuda a possibilidade de ter um contrato de concessão do estádio. Por ser municipal, eventos são realizados no local, inclusive jogos do futebol varzeano, que podem acabar prejudicando o gramado e, por consequência, o próprio São Bento. A ideia do Bentão ter, de fato, uma casa, existe.

“Nós temos o interesse, desde que haja uma contrapartida de carência de no mínimo cinco anos. O que nós precisamos é de tempo, uma carência, para que possamos absorver (os custos). Poderia ser progressiva: São Bento assume 20%, depois 40%, e assim por diante. Estamos conversando com o governo para que possamos implementar e ter um estádio mais aconchegante”, revelou Márcio Rogério.

O São Bento está em um hotel fazenda na cidade de Vargem, no interior paulista, finalizando a pré-temporada. Na próxima quarta-feira (22), fará a estreia no Campeonato Paulista da Série A2, contra o São Bernardo, às 20h, fora de casa. A primeira partida no CIC será no domingo (26), às 11h, contra a Portuguesa. (Zeca Cardoso)

[irp posts="209176" ]