Esporte

Em nota, Guerrero reitera inocência e confirma recurso na Suíça

Jogador divulgou texto nas redes sociais e voltou a afirmar que não se dopou
guerrero
Paolo Guerrero foi contratado pelo Internacional. Crédito da foto: Ricardo Duarte / Internacional (15/8/2018)

Paolo Guerrero reafirmou ser inocente no caso de doping que rendeu punição de 14 meses, seis deles já cumpridos e oito ainda pendentes e em contagem desde a última quinta-feira. A posição foi divulgada em nota oficial, nesta segunda (27), por meio das redes sociais. No texto, o centroavante ex-Corinthians, Flamengo e atualmente no Internacional confirma que entrará com recurso no Tribunal Federal Suíço nos próximos dias.

Guerrero ainda informou que, nesta fase do processo, nenhum advogado brasileiro faz parte de seu estafe jurídico. “A defesa de Paolo está preparando os recursos necessários para poder demonstrar a inocência de Paolo e rever a atual situação. Estes recursos serão interpostos nos próximos dias perante o Tribunal Federal Suíço pelos profissionais que exercem a defesa de Paolo: os advogados Julio García (Peru) e Alexander Zen-Ruffinem (Suíça), com assistência do Dr. Juan de Dios Crespo (Espanha)”, diz a nota divulgada pelo perfil de Paolo Guerrero no Instagram.

O texto ainda cita que os advogados tiveram acesso aos fundamentos da decisão da CAS (Corte Arbitral do Esporte) somente há poucos dias, mesmo com a punição definida há quase três meses. E também menciona o entendimento de que a substância apareceu no exame antidoping por conta do uso de um chá de coca. “Como se pode notar oportunamente, tanto a primeira e segunda instâncias da FIFA, como o próprio TAS em sua resolução, consideram que todo o ocorrido se deve ao consumo de um chá de coca, de maneira inadvertida e não intencional e sem que a substância produzisse qualquer impacto favorável sobre o rendimento do atleta”, aponta o comunicado oficial.

Nesta fase do processo, nenhum advogado brasileiro faz parte de seu estafe jurídico

Aos 34 anos, Paolo Guerrero está em Lima e de lá vai a Suíça nos próximos dias. Antes, o jogador teve reunião com o governo peruano em busca de apoio para reforçar sua tese de defesa. A peça aponta o hotel onde a seleção peruana ficou hospedada por responsável pela contaminação da amostra colhida no exame antidoping.

Leia a nota oficial de Paolo Guerrero na íntegra:
No último dia 23 de agosto veio a público a decisão do Tribunal Federal Suíço tornando sem efeito a medida cautelar que permitia a Paolo participar de torneios oficiais a partir do dia 31 de maio de 2018. Esta decisão não afeta o direito de Paolo solicitar a anulação da decisão proferida pelo TAS, cujos fundamentos foram notificados a Paolo há poucos dias, isto é, quase 3 meses depois de conhecida a sanção.

Leia mais  LSB dribla crise e mira retorno à elite

Como se pode notar oportunamente, tanto a primeira e segunda instâncias da FIFA, como o próprio TAS em sua resolução, consideram que todo o ocorrido se deve ao consumo de um chá de coca, de maneira inadvertida e não intencional e sem que a substância produzisse qualquer impacto favorável sobre o rendimento do atleta.
Por estas razões, a defesa de Paolo está preparando os recursos necessários para poder demonstrar a inocência de Paolo e rever a atual situação. Estes recursos serão interpostos nos próximos dias perante o Tribunal Federal Suíço pelos profissionais que exercem a defesa de Paolo: os advogados Julio García (Peru) e Alexander Zen-Ruffinem (Suíça), com assistência do Dr. Juan de Dios Crespo (Espanha).

Nenhum outro advogado está envolvido na defesa de Paolo. Nem o escritório brasileiro Bichara & Mota, nem nenhum de seus advogados, ou qualquer outro advogado no Brasil ou em outro lugar participa da defesa de Paolo nesta etapa do processo, nem tem acesso a informações a respeito.

Leia mais  Fifa vai escolher sede da Copa do Mundo feminina de 2023

Mais uma vez, Paolo Guerrero agradece o apoio permanente do povo peruano, da torcida no Brasil e das instituições e profissionais que estão colaborando e contribuindo de maneira ativa e generosa em sua defesa, em especial ao Sport Club Internacional por meio de toda a sua diretoria, atletas e torcida espetacular que tão bem o receberam, situação esta que o estimula e enche de energia e otimismo em um momento particularmente difícil que, como tantos outros, haverá de superar.

Lima, 26 de agosto de 2018

(Folhapress)

Comentários