Esporte

É para entrar na briga

São Paulo pode colar nos líderes do Brasileirão se vencer o Grêmio hoje
É para entrar na briga
Após ajustar o setor ofensivo do Tricolor, a confiança do técnico Fernando Diniz está em alta. Crédito da foto: Rubens Chiri / saopaulofc.net (13/10/2020)

Invicto no Morumbi e animado com a volta do bom futebol, o São Paulo quer entrar de vez na briga pelo título do Brasileirão. Hoje (17), às 21h, a equipe de Fernando Diniz recebe o Grêmio com a missão de ganhar para colar nos três primeiros colocados. Um triunfo deixaria os paulistas a dois pontos da concorrência.

O São Paulo está cinco pontos atrás de Atlético-MG, Internacional e Flamengo. Mas tem dois jogos a menos que gaúchos e cariocas e um dos mineiros. Ganhar nesta noite, portanto, vai credenciar a equipe à briga pelo sétimo título nacional. Tricampeão brasileiro seguido entre 2006 e 2008, o Tricolor não briga pela taça há um bom tempo e conta com o resultado para ficar na briga pelo topo até o fim.

Ao menos a confiança do técnico Fernando Diniz está em alta. O treinador ajustou o setor ofensivo com Brenner e Luciano, municiados por Gabriel Sara e Daniel Alves e o São Paulo vem colhendo frutos. São 11 jogos seguidos com o ataque funcionando. Foram 21 gols na série. A última vez que o São Paulo não marcou foi diante do Atlético-MG, jogo no qual Luciano teve um gol mal anulado. A CBF reconheceu nesta semana o erro do VAR no lance.

Após ver a entidade reconhecer sua reclamação, o São Paulo conseguiu mudar o árbitro de vídeo para o jogo. O clube conseguiu vetar Rodolpho Toski Marques e a CBF colocou Elmo Resende Cunha no lugar. Diniz não terá o lateral-direito Igor Vinícius, que sentiu uma lesão muscular. Tchê Tchê deve entrar na equipe e revezar no setor com Daniel Alves. Diniz não quer mexer no seu quarteto ofensivo e estuda manter o veterano no meio.

Será o oitavo jogo como mandante do São Paulo no Brasileirão. Nos sete anteriores, foram cinco vitórias e dois empates, com aproveitamento de 80,1%.

Já o Grêmio ainda não ganhou duas partidas seguidas no Brasileirão e, por causa dessa instabilidade, está em colocação intermediária. Mas, como o Imortal decide a primeira colocação do grupo na Libertadores no meio de semana, diante do Junior Barranquilla, algumas peças podem ser poupadas, casos de Maicon e Robinho. O atacante Diego Souza, expulso diante do Botafogo, não joga, e as opções são Isaque e Luiz Fernando. Na defesa, depois de cinco jogos, a dupla titular entre Pedro Geromel e Kannemann estará junta novamente.

A 17ª rodada do Brasileirão também terá hoje os jogos entre Fluminense x Ceará, às 19h, no Maracanã, e Atlético-GO x Athletico-PR, às 19h, no Hailé Pinheiro. Ontem, no fechamento da 16ª rodada, Goiás e Bahia empataram por 1 a 1 no Estádio da Serrinha. (Estadão Conteúdo)

SÃO PAULO x GRÊMIO

São Paulo – Tiago Volpi; Tchê Tchê, Bruno Alves, Diego Costa e Reinaldo; Luan, Igor Gomes e Daniel Alves; Gabriel Sara, Brenner e Luciano. Técnico: Fernando Diniz

Grêmio – Vanderlei; Victor Ferraz (Orejuela), Geromel, Kannemann e Diogo Barbosa (Cortez); Lucas Silva, Matheus Henrique e Maicon (Darlan ou Thaciano); Alisson, Pepê e Luiz Fernando (Isaque). Técnico: Renato Gaúcho

Árbitro – Rafael Traci (SC)

Local – Estádio do Morumbi, em São Paulo (SP)

Horário – 21h

Comentários