Covid-19 Esporte

Djokovic doa um milhão de euros para a luta contra o coronavírus na Sérvia

"Nossa doação é destinada à compra de respiradores e de outros equipamentos de saúde", disse o tenista
Djokovic agradeceu à China pela ajuda dada à Sérvia. Crédito da foto: Reprodução/Facebook/Novak Djokovic

 

O atual número 1 do tênis mundial, o sérvio Novak Djokovic, anunciou nesta sexta-feira (27) a doação de um milhão de euros ao seu país para ajudar no combate ao novo coronavírus.

“Nossa doação é destinada à compra de respiradores que são indispensáveis para salvar vidas e à compra de outros equipamentos de saúde”, declarou Djokovic em videoconferência organizada por sua equipe em Belgrado.

Djokovic, que mora em Mônaco, se encontra atualmente com a família em Marbella, na Espanha, respeitando as medidas de isolamento decretadas pelas autoridades desse país.

O fato de estar na Espanha deve-se simplesmente “ao azar”, informaram seus assessores.

O líder do ranking mundial, de 32 anos, afirmou estar se esforçando para “manter o ânimo positivo” diante da pandemia e que está feliz de pelo menos poder compartilhar mais tempo perto da família.

“Nos próximos dias vou divulgar nas redes sociais os exercícios físicos que pratico em nosso apartamento”, anunciou.

“Não lembro, desde que me tornei pai, ter passado tanto tempo com minha família”, completou Djokovic, que não falou de nenhum tema relacionado diretamente ao tênis.

Entre as atividades para passar o tempo no confinamento, Djokovic afirmou estar lendo um livro sobre “a história dos sérvios”. Sua esposa, Jelena, está lendo a biografia de Gandhi.

Djokovic agradeceu à China pela ajuda dada à Sérvia, um país em que foram registrado 460 infecções por coronavírus e sete mortes.

“Agradeço do fundo do coração, em meu nome e em nome de toda a nação”, disse.

Pequim enviou à Sérvia uma equipe de especialistas encarregados de ajudar as autoridades a colocar em prática medidas para lutar contra a pandemia, assim como três aviões repletos de material médico. (AFP)

Leia mais  Jogadores do Schalke 04 renunciam a parte do salário
Comentários