Buscar no Cruzeiro

Buscar

Acervo

Cuca vê injustiça em revés para o Vasco

22 de Dezembro de 2020

Cuca vê injustiça em revés para o Vasco O Santos perdeu por 1 a 0, em São Januário, pelo Brasileirão. Crédito da foto: Ivan Storti / Santos FC (20/12/2020)

O técnico Cuca achou uma injustiça a derrota do Santos para o Vasco, por 1 a 0, domingo (20), em São Januário, pelo Brasileirão, num jogo no qual sua equipe finalizou bastante a gol e, para ele, merecia melhor sorte. O tropeço impossibilitou os paulistas de encostarem no G4.

“O Fernando Miguel pegou umas três bolas difíceis e não tivemos a fortuna de fazer um gol. Tivemos controle do jogo, a posse de bola, mas não tivemos a eficácia para empatar. Foi mérito deles se fecharem bem e administrarem a vitória”, avaliou.

Apesar do Santos ter finalizado 19 vezes a gol, poucas foram no alvo. Fernando Miguel trabalhou bem, realmente, mas apenas em dois lances. Foram somente cinco chutes no gol. O treinador, entretanto, acha que o jogo seria diferente caso sua equipe tivesse aberto o placar. “Tivemos chance até antes do Vasco de fazer o gol. A primeira foi nossa, depois tivemos uma com o Madson. Não entramos desligados”, garantiu.

Cuca fez de tudo por um resultado positivo. Tirou defensores, colocou Soteldo, Marinho, um centroavante. Mas nada deu resultado, para sua tristeza. “Você tem a posse de bola, joga os meias, fizemos uma linha de quatro atacantes mais dois meias, só com Pituca por trás, mas não foi o suficiente. Trabalhamos bem as coisas no sentido de tentar achar o gol, mas não foi suficiente.”

O resultado deixou o Peixe com 38 pontos, na oitava posição, a 15 do líder São Paulo. O Vasco, com 28 pontos, abre a zona do rebaixamento. Os outros resultados do domingo (20) foram: Bragantino 0 x 1 Athletico-PR e Fortaleza 0 x 2 Ceará. (Estadão Conteúdo)

VASCO 1 x 0 SANTOS

Vasco - Fernando Miguel; Léo Matos, Jadson, Leandro Castán e Henrique; Andrey, Marcos Junior (Bruno Gomes), Juninho (Marcelo Alves) e Carlinhos (Yago Pikachu), Vinícius (Gustavo Torres) e Cano (Tiago Reis). Técnico: Ricardo Sá Pinto

Santos - John Victor; Fernando Pileggi (Bruno Marques), Luiz Felipe (Soteldo), Alex Nascimento e Felipe Jonatan; Alison, Diego Pituca e Sandry (Lucas Lourenço); Madson (Marinho), Lucas Braga e Kaio Jorge (Marcos Leonardo). Técnico: Cuca

Gol - Carlinhos, aos 8 minutos do 1º tempo

Cartões amarelos - Jadson e Henrique (Vasco)

Árbitro - Ricardo Marques Ribeiro (MG)

Local - São Januário, no Rio de Janeiro (RJ)