Esporte

Cuca prefere dar ritmo de jogo a titulares

Depois de mistério sobre qual seria o goleiro escolhido para a grande decisão, parece que John Victor ganhou a concorrência
Goleiro John Victor é presença garantida contra o Goiás. Crédito da foto: Ivan Storti / Santos FC

Depois de dar descanso a seus titulares na derrota para o Fortaleza, por 2 a 0, no meio de semana, o técnico Cuca volta a escalar o que tem de melhor no Santos hoje, contra o Goiás, na Vila Belmiro, às 18h15. A intenção do treinador é dar ritmo de jogo à equipe que disputará a final da Libertadores diante do Palmeiras, dia 30, no Maracanã.

Depois de mistério sobre qual seria o goleiro escolhido para a grande decisão, parece que John Victor ganhou a concorrência com João Paulo e Vladimir. Ele foi o escolhido para encarar o Goiás. Na terça-feira, em visita ao Atlético-MG, novamente pelo Brasileirão, a escalação será reserva.

Se recuperando da Covid-19 e correndo contra o tempo para estar apto a encarar o Palmeiras na grande decisão, o volante Alison pode aparecer diante do Goiás. Mas Sandry está de sobreaviso.

Leia mais  Atletas sorocabanos conquistam medalhas no Mundial de Jiu-Jitsu

Utilizados em Fortaleza “por necessidade”, o lateral-esquerdo Felipe Jonatan e o meia-atacante Lucas Braga podem ser preservados. Cuca deixou aberta a possibilidade após justificar a utilização da dupla no Castelão. Quer todos inteiros e não correrá riscos desnecessários.

Felipe Jonatan só atuou por causa de um desconforto que Wagner Leonardo acusou no aquecimento, no Castelão. O jovem já está recuperado e deve ser utilizado. Arthur Gomes pode ser escalado na vaga do titular do setor ofensivo.

A dupla de defesa titular com Luan Peres e Lucas Veríssimo também está de volta.

SANTOS X GOIÁS

Santos – John Victor; Pará, Lucas Veríssimo, Luan Peres e Wagner Leonardo; Alison (Sandry), Diego Pituca e Soteldo; Marinho, Arthur Gomes e Kaio Jorge. Técnico: Cuca

Árbitro – Wagner dos Nascimento Magalhães (Fifa-RJ)

Horário – 18h15

Local – Vila Belmiro (Santos-SP)

Goiás – Tadeu; David Duarte, Chico e Heron; Shaylon, Breno, Ariel Cabral, Daniel Oliveira e Jefferson; Fernandão e Rafael Moura. Técnico: Glauber Ramos

Comentários