Buscar no Cruzeiro

Buscar

Acervo

Covid tirou Leozinho de decisão da LNF

23 de Dezembro de 2020

Covid tirou Leozinho de decisão da LNF Eleito o melhor ala-esquerdo do torneio, ele testou positivo cinco dias antes do jogo. Crédito da foto: Guilherme Mansueto / Magnus Futsal (31/10/2020)

Um dos principais jogadores do Magnus Futsal acabou ficando de fora da partida que deu à equipe de Sorocaba o título de campeão da Liga Nacional de Futsal (LNF) contra o Corinthians. O ala Leozinho não esteve em quadra, pois testou positivo para Covid-19.

Assintomático, o jogador cumpre o isolamento domiciliar e passa bem. Porém, a notícia abalou o jovem atleta, que no ano passado foi eleito revelação da LNF e na atual edição ficou com o prêmio de melhor ala-esquerdo do torneio.

“Fiquei muito triste, porque queria muito ajudar. Por outro lado, minha confiança não mudou em nenhum momento, nosso elenco é muito forte e eu sabia que os meus companheiros dariam conta do recado e iriam conquistar o título”, comentou.

No primeiro confronto, o ala revelado pela base do time sorocabano foi o autor de uma linda jogada que terminou no gol de Charuto. A partida acabou 1 a 1. Mas, mesmo de longe da finalíssima, o camisa 20 participou dos momentos pré-jogo.

“Antes da bola rolar, o Rodrigo me ligou por vídeo na ‘rodinha’ final, e fiquei muito feliz com isso, porque mesmo de fora, eles queriam que eu me sentisse o mais próximo deles possível”, contou Leozinho. Ele recebeu o teste positivo cinco dias antes da final.

“Quando eu recebi a notícia do Dr. Montiel, eu desabei, não conseguia acreditar que ficaria fora de um jogo tão importante. Depois fui me acalmando e botei na cabeça que, se essa era a vontade de Deus, eu respeitaria e somente agradeceria pela minha saúde”, pontuou.

Com a vitória por 3 a 0 no último domingo (20) no Ginásio Prof. João Carlos de Camargo, em Votorantim, Sorocaba comemorou o bicampeonato da LNF. Pela primeira vez uma equipe conquistou o campeonato de maneira invicta. Mas a festa de Leozinho foi solitária.

“A galera toda comemorando e eu tendo que ver tudo pelas redes sociais. Nem lá pude ir. Sensação ruim, pois queria estar comemorando com eles. Mas a minha alegria pelo título superou qualquer adversidade do momento”, finalizou. (Zeca Cardoso)