Esporte

Corinthians reclama da arbitragem

Corinthians reclama da arbitragem
Lucas Piton corria de costas quando bola bateu em seu braço. Crédito da foto: Reprodução / Tv Globo

O Corinthians foi eliminado da Copa do Brasil na última quarta-feira, em Belo Horizonte, ao empatar por 1 a 1 com o América-MG (havia perdido o primeiro jogo por 1 a 0). O Timão vencia o jogo até o árbitro Wagner do Nascimento Magalhães assinalar pênalti de Lucas Piton que, convertido em gol, culminou no empate do Coelho e, consequentemente, na eliminação corintiana.

No lance, o lateral Lucas Piton corria de costas para a bola quando ela bateu em seu braço. O juiz foi alertado pelo árbitro de vídeo (VAR) comandado por Carlos Eduardo Nunes Braga, também do Rio, mas não fez a revisão do lance no monitor e assinalou a penalidade sem checagem.

Ontem, o presidente do Corinthians, Andrés Sanchez, disse que iria recorrer à Confederação Brasileira de Futebol (CBF) para contestar a decisão do árbitro carioca. “Não vai ficar barato. Vou à CBF levar o protesto do Corinthians por esse pênalti absurdo e farei questão de ouvir o áudio da conversa do VAR. Arbitragens como essa de ontem (quarta) não tem cabimento”, disse o presidente corintiano, em seu perfil no Twitter.

Leia mais  Final da Copa do Brasil começa neste domingo

Após o jogo, o técnico Vagner Mancini lamentou a eliminação e, sem apontar culpados, disse que a ordem agora é focar na disputa do Campeonato Brasileiro. Ele também reclamou da arbitragem. “Infelizmente estamos fora da Copa do Brasil por um erro de arbitragem. Foi um lance interpretativo, mas o atleta do América-MG estava entre a bola e nosso jogador. O árbitro errou em dar o pênalti. Mas isso não justifica”, ponderou.

Com a eliminação, o Corinthians tem apenas o Brasileirão para disputar até o final desta temporada. Instável, a equipe ocupa a modesta 11.ª colocação na tabela de classificação. Por isso, a ordem é focar na reabilitação do time na competição. O elenco permaneceu em Belo Horizonte e de lá vai para Goiânia, onde enfrentará o Atlético Goianiense, amanhã (7), às 21h. (Estadão Conteúdo)

Comentários