Esporte

Corinthians perde do Atlético-MG em casa

Corinthians perde do Atlético-MG em casa
Marrony marcou o gol da virada atleticana no final do segundo tempo. Crédito da foto: Marco Galvão / Fotoarena / Estadão Conteúdo (14/11/2020)

O Corinthians começou bem e terminou mal. Após um bom primeiro tempo, quando não deixou o Atlético-MG criar quase nada, cansou na etapa final, afrouxou a marcação e acabou perdendo de virada, por 2 a 1, ontem (14) à noite, na Neo Química Arena. Com isso, continua no meio da tabela, com 25 pontos, enquanto o Galo reassumiu a liderança do Brasileirão, com 38 pontos.

Mesmo sem vários jogadores — Jô e Mateus Vital com Covid; Otero na seleção venezuelana; Xavier suspenso; Fábio Santos impedido de jogar por força de contrato; e Cazares, Danilo Avelar e Mantuan contundidos –, o Timão teve rapidez e objetividade no primeiro tempo. Abriu o placar logo aos cinco minutos, em jogada bem trabalhada: Luan, da meia esquerda, lançou Ramiro do outro lado. Dentro da área, ele tocou para Davó, que penetrava em velocidade, marcar.

Leia mais  Novorizontino busca empate em Mirassol

No segundo tempo, o Corinthians continuou marcando forte, impedindo o Atlético de fazer o jogo em velocidade que gosta, mas deixou de chegar ao gol adversário. Em consequência, aos 15 minutos, numa jogada que começou com cobrança de lateral, Fagner afastou mal, Arana ganhou o rebote, tabelou com Vargas e bateu cruzado, rasteiro, para empatar.

Isso encorajou o Atlético. Jorge Sampaoli tornou o time mais ofensivo, ao mesmo tempo em que o Corinthians dava sinais de desgaste, o que teve como consequência um afrouxamento da marcação. O time mineiro melhorou no jogo, passou a pressionar e a criar chances.

Mancini reagiu, com Éderson e o estreante Jonathan Cafu, que entrou pelo lado esquerdo do ataque, para tentar voltar a incomodar o Atlético. Não deu certo, e o time mineiro virou quando Keno passou como quis por Cafu e cruzou para Marrony virar o jogo com um toque certeiro.

Leia mais  Ariel Holan pode assumir o Santos

Depois, o Atlético-MG tratou de segurar o bom resultado e o Corinthians, mais uma vez, não teve forças para reagir. (Almir Leite – Estadão Conteúdo)

CORINTHIANS 1 x 2 ATLÉTICO-MG

Corinthians – Cássio; Fagner, Marllon, Gil e Lucas Piton; Gabriel (Cantillo), Roni (Éderson), Ramiro (Araos) e Luan; Everaldo (Léo Natel) e Davó (Jonathan Cafu). Técnico: Vagner Mancini

Atlético-MG – Everson; Guga, Rever, Igor Rabello e Arana; Allan, Jair e Zaracho (Natan); Sacha (Marrony), Vargas (Bueno) e Keno (Hyoran). Técnico: Jorge Sampaoli

Gols – Davó, aos 5 minutos do 1º tempo; Guilherme Arana, aos 15, e Marrony, aos 39 minutos do 2º tempo

Árbitro – Rodrigo Dalonso (SC)

Cartões amarelos – Roni, Keno, Victor, Davó, Jair, Vargas, Rever e Ramiro

Local – Neo Química Arena, em São Paulo

Comentários