Esporte

Corinthians ganha do Bahia e respira para seguir no Brasileiro

O Timão subiu para a 11ª colocação, com 12 pontos, e deixou o Bahia com nove, em 16º lugar
Corinthians ganha do Bahia e respira para seguir no Brasileiro
O volante Roni, de 21 anos e formado na base, marcou seu primeiro gol pelo Timão. Crédito da foto: Léo Sguaçabia / Dia Esportivo / Estadão Conteúdo (16/9/2020)

Após três jogos sem vitória e ameaça de torcedores no último domingo, o Corinthians aliviou a pressão desta quarta-feira (16) ao derrotar o Bahia por 3 a 2, na Neo Química Arena, e se afastar da zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro. A partida foi válida pela 11ª rodada, que será completada no fim de semana. O Timão subiu para a 11ª colocação, com 12 pontos, e deixou o Bahia com nove, em 16º lugar, na beira da zona da degola.

Cheio de desfalques, o técnico interino Dyego Coelho surpreendeu na escalação. Apostou na dupla de volantes formada por Xavier e Roni e deixou o time sem centroavante (Jô cumpre suspensão e Boselli está lesionado). Mateus Vital fez a função de “falso 9”, mas Araos também entrava bastante na área. Aos 16 minutos, Otero marcou seu primeiro gol pelo Timão: Fagner cobrou escanteio rasteiro, o venezuelano chutou e a bola desviou em Gilberto.

Leia mais  São Paulo pega o Ceará de olho na liderança

Pouco depois, Gilberto poderia se redimir ao finalizar sem goleiro, mas Danilo Avelar salvou em cima da linha. Aos 33, Roni recebeu da entrada na área e chutou para ampliar. Também foi o seu primeiro gol pelo Corinthians. Os baianos não se abateram e, dois minutos depois, descontaram com Nino Paraíba: ele pegou rebote na entrada da área e chutou rasteiro. Gilberto ainda assustou em cabeceio que passou muito perto

A partida continuou aberta no segundo tempo. Aos 15, o Corinthians marcou o terceiro com Gil, que aproveitou cobrança de escanteio de Fagner e cabeceou sozinho. O Bahia descontou aos 43, em cobrança de escanteio que teve desvio de Saldanha na primeira trave. Os visitantes pressionaram no fim do jogo, que teve ainda seis minutos de acréscimos, mas não conseguiram empatar. (Guilherme Amaro – Estadão Conteúdo)

Corinthians 3 x 2 Bahia

Corinthians – Cássio; Fagner, Gil, Danilo Avelar e Lucas Piton; Xavier, Roni (Gustavo Mosquito) e Araos (Ramiro); Otero (Bruno Méndez), Everaldo (Léo Natel) e Mateus Vital (Sidcley). Técnico: Dyego Coelho

Leia mais  Cruzeiro derrota o América-MG

Bahia – Douglas Friedrich; Nino Paraíba, Ernando, Wanderson e Juninho Capixaba; Ronaldo (Rossi), Gregore e Jadson; Rodriguinho (Marco Antônio), Élber (Clayson) e Gilberto (Saldanha). Técnico: Mano Menezes

Gols – Otero, aos 16, Roni, aos 33, e Nino Paraíba, aos 35 minutos do primeiro tempo. Gil, aos 15, e Saldanha, aos 43 minutos do segundo tempo

Árbitro – Wagner do Nascimento Magalhães (RJ)

Cartões amarelos – Fagner, Araos, Ronaldo, Nino Paraíba, Xavier

Local – Neo Química Arena, em São Paulo (SP)

Comentários