Esporte

Comitê confirma revezamento da tocha olímpica a partir da próxima semana

Cidade de Fukushima, ao norte do Japão, foi a escolhida para iniciar caminho
Olimpíada foi adiada em um ano por conta da pandemia de coronavírus. Revezamento da tocha começa dia 25 de março. Crédito da foto: Philip Fong / AFP

O Comitê Organizador da Olimpíada de Tóquio confirmou nesta segunda-feira (15) que o início do revezamento da tocha olímpica será a partir do dia 25 de março (quinta-feira), na cidade de Fukushima, ao norte do Japão, conforme planejamento original, feito em 2020.

Por conta da pandemia de Covid-19, os Jogos foram adiados em um ano, com previsão para acontecer entre 23 de julho e 8 de agosto. Em pesquisas realizadas no país, muitos japoneses são contra a realização do evento, com medo de que haja uma nova onda de contaminação. No entanto, os órgãos responsáveis, inclusive o COI, disseram que a Olimpíada acontecerá de qualquer maneira.

A cerimônia e o primeiro dia do revezamento não serão abertos ao público, com o objetivo de evitar a disseminação da doença, conforme comunicado oficial emitido hoje (15).

Leia mais  Primeira reunião da CPI da Covid-19 será realizada depois do feriado

“O Comitê Organizador está comprometido em garantir a segurança do revezamento da tocha olímpica Tóquio 2020, tomando medidas para evitar a propagação de qualquer infecção entre os espectadores, portadores da tocha, funcionários e outros participantes do revezamento, bem como os residentes locais”.

Adiamento de eventos-teste

Organizadores de dois eventos-teste para a Olimpíada anunciaram adiamentos nesta segunda-feira. Uma prova de tiro esportivo, marcada inicialmente para 26 a 30 de abril, passou para 17 a 21 de maio. Já uma competição de skate passou de 28 e 29 de abril para 13 e 14 de maio. (Da Redação)

Comentários