Esporte

Com um ano de atraso, Japão inicia o revezamento da tocha olímpica

Com um ano de atraso, Japão inicia o revezamento da tocha olímpica
Cerimônia de acendimento foi fechada a espectadores. Crédito da foto: Divulgação / COI

Com um ano de atraso, ainda em meio à pandemia do novo coronavírus, sem a presença de público e marcado por diversas restrições das autoridades sanitárias, o revezamento da tocha olímpica para os Jogos de Tóquio-2020 começou ontem (25) na cidade de Fukushima, no Japão. O ponto de partida do evento foi o National Training Center J-Village.

O governo japonês quis usar a cerimônia como um marco de reconstrução da região, devastada há 10 anos após uma catástrofe nuclear que provocou 18.500 mortes. Em 11 de março de 2011 um terremoto, seguido por um tsunami, causou o derretimento do núcleo dos três reatores.

Durante 121 dias, o revezamento terá a participação de cerca de 10 mil pessoas. (Estadão Conteúdo)

Comentários