Esporte

Com saque implacável, Medvedev vence Tsitsipas e fará final contra Djokovic

Esta foi a 20ª vitória consecutiva do russo, que tentará o primeiro GS na Austrália
Medvedev emplacou sua 20ª vitória consecutiva no circuito e está na final do Australian Open. Crédito da foto: David Gray/AFP

A grande final masculina do Australian Open está definida: Novak Djokovic, que venceu ontem (18) a sensação Karatsev, enfrentará outro russo, Daniil Medvedev, que embalou sua 20ª vitória consecutiva nesta manhã de sexta-feira ao bater o grego Stefanos Tsitsipas, número 6 do mundo, por 3 sets a 0, com parciais de 6/4, 6/2 e 7/5.

Com saque implacável e sangue frio para conter uma possível reação de Tsitsipas no terceiro set, Medvedev irá para a segunda final de Grand Slam na carreira. Atualmente, ele ocupa a quarta colocação no ranking da ATP, mas, caso vença Djokovic, o número 1 do mundo, ele chegará à segunda posição, passando Rafael Nadal. Se perder, irá para o terceiro lugar, ainda assim sua melhor marca na carreira.

Djokovic e Medvedev se encontrarão no domingo, às 5h30 (horário de Brasília), na Rod Laver Arena. O histórico é favorável para o sérvio, que soma quatro vitórias em sete encontros. Nole vai para a nona final na Austrália e busca, nada mais, nada menos, que seu nono título. Medvedev quer seu primeiro Grand Slam.

Leia mais  Melo e Monteiro avançam em duplas

O jogo

Medvedev dominou praticamente todo o primeiro set, estando melhor no saque e nas devoluções e sem enfrentar break points. Na segunda parcial, seu saque foi implacável, somando ainda mais aces (cinco no primeiro e seis no segundo set). Sem ser ameaçado, cedeu apenas três pontos nos games de saque e foi melhor em todos os ralis contra Tsitsipas.

O terceiro set começou com uma quebra de serviço do russo, mas o grego conseguiu devolver a quebra no sexto game e não entregou os pontos, chegando ao 3/3. Vale lembrar que ele venceu Rafael Nadal de virada nas quartas de final.

“Fiquei um pouco com medo, preciso admitir. O placar estava parecido com o da partida contra Rafa. Não foi fácil, mas consegui mudar o meu jogo e estou realmente muito feliz de estar na final”, disse em entrevista ainda em quadra.

Depois disso, Tsitsipas pressionou o adversário, mas sem sucesso, já que Medvedev conseguiu combater bem e quebrasse o serviço. Sacando para o jogo, confirmou seu serviço e confirmou sua vaga para a grande decisão. (Da Redação)

Comentários