Esporte

Com reservas, Santos perde do Atlético-MG

O resultado colocou o Galo em terceiro lugar, com 57 pontos, a cinco do líder Internacional
O atleticano Savarino marcou duas vezes, ontem, no Mineirão. Crédito da foto: Pedro Souza / Atlético-MG (26/1/2021)

Os reservas do Santos perderam ontem (26) do Atlético-MG por 2 a 0, em duelo adiado da 28ª rodada do Campeonato Brasileiro, no Mineirão. O resultado colocou o Galo em terceiro lugar, com 57 pontos, a cinco do líder Internacional. E foi garantida graças ao bom início do time, que marcou dois gols com Savarino em menos de 20 minutos.

Focado na decisão da Libertadores, só escalou um titular: John, em busca de ritmo de jogo após se recuperar do coronavírus. E, quando a bola rolou, a equipe da Vila Belmiro sofreu com a frágil atuação do lado esquerdo da defesa. Os lances dos dois gols surgiram de cortes errados. Logo aos 3 minutos, a zaga deu um presente ao Galo. Luiz Felipe tirou mal um lançamento de Réver. Savarino aproveitou, tabelou com Nathan e tirou do goleiro para marcar: 1 a 0.

Leia mais  Pai e filho sorocabanos correm rali no sul do país pela primeira vez juntos

O Peixe não reagiu, e o Atlético-MG logo marcou pela segunda vez. E novamente com um corte errado do adversário, uma jogada pela esquerda e gol de Savarino. Dessa vez, Keno deu um lindo passe, nas costas de Wagner Leonardo, para o venezuelano, que colocou no ângulo, aos 18 minutos.

Assim, sem nem ser tão incisivo, o Atlético abriu 2 a 0 rapidamente. Diminuiu o ritmo, parecia ter o jogo sob controle, ainda teve uma chance com Sasha, mas viu o Santos reagir no fim do primeiro tempo. Marcos Leonardo só não marcou porque parou em Everson e na trave.

Na etapa final, o Santos promoveu uma estreia entre os profissionais, do zagueiro Wellington Tim, improvisado na lateral esquerda. Conseguia marcar bem o Atlético-MG, que passava mais tempo no campo de ataque, mas sem ameaçar. E ainda deu algum trabalho a Everson, como em uma bela jogada individual de Arthur Gomes, aos 15 minutos.

Leia mais  Verdão deve escalar reservas no dérbi

De resto, a partida foi quase um marasmo. E o Atlético ainda terminou com uma preocupação, pois Keno pareceu ter sofrido uma grave lesão no cotovelo esquerdo, sendo substituído imediatamente. No fim, Bruno Marques, de cabeça, perdeu outra chance para o Santos, que acabou sendo punido pelo péssimo início de jogo no Mineirão. E pelos gols de Savarino.

Após ascender ao terceiro lugar, com 57 pontos, o Atlético-MG voltará a jogar no domingo. Novamente no Mineirão, às 17 horas, vai receber o Fortaleza. Já o Santos se concentra de vez na decisão de sábado com o Palmeiras, no Maracanã. E no Brasileirão parou nos 45 pontos, na décima colocação, se distanciando da briga por vaga na Libertadores. Voltará a jogar pelo torneio em 3 de fevereiro, diante do Grêmio, em Porto Alegre. (Leandro Silveira – Estadão Conteúdo)

Leia mais  Magnus vence Dois Vizinhos na estreia da Supercopa

ATLÉTICO-MG 2 x 0 SANTOS

Atlético-MG – Everson; Guga, Junior Alonso, Réver e Guilherme Arana (Igor Rabello); Jair, Nathan (Vargas) e Hyoran (Allan); Savarino, Eduardo Sasha (Calebe) e Keno (Sávio). Técnico: Jorge Sampaoli
Santos – John; Madson, Laércio, Luiz Felipe e Wagner Leonardo (Wellington Tim); Guilherme Nunes, Vinicius Balieiro e Jean Mota (Lucas Lourenço); Arthur Gomes, Marcos Leonardo (Renyer) e Tailson (Ivonei). Técnico: Cuca
Gols – Savarino, aos 3 e aos 18 minutos do 1º tempo
Árbitro – Paulo Roberto Alves Junior (PR)
Cartões amarelos – Arthur Gomes e Jair
Local – Estádio Mineirão, em Belo Horizonte (MG)

Comentários