Esporte

Com pequenos edemas na coxa, Gustavo Henrique e Sasha são dúvidas no Santos

Ambos realizam tratamento após se lesionarem no duelo da última terça-feira (26) com o Red Bull Brasil
Com pequenos edemas na coxa, Gustavo Henrique e Sasha são dúvidas no Santos
Gustavo Henrique é uma das dúvidas no Santos. Crédito da foto: Ale Vianna/ Eleven/ Estadão Conteúdo (12/11/2018)

O Santos ainda não sabe se poderá contar com o zagueiro Gustavo Henrique e o atacante Eduardo Sasha no duelo de domingo (31) com o Corinthians, em Itaquera, pelas semifinais do Campeonato Paulista. Ambos realizam tratamento após se lesionarem no duelo da última terça-feira (26) com o Red Bull Brasil, pelas quartas de final do Estadual.

O clube explicou que o problema com ambos não é grave, mas evitou realizar uma previsão sobre o período de afastamento deles, apontando que passam por avaliações diárias. “Os atletas Gustavo Henrique e Sasha realizaram exames de imagens constatando pequeno edema na coxa esquerda em ambos. Os jogadores seguem em tratamento na fisioterapia, com reavaliações diárias”, afirmou o Santos por meio de sua assessoria de imprensa

Gustavo Henrique e Eduardo Sasha precisaram ser substituídos durante o empate por 0 a 0 com o Red Bull Brasil após reclamarem de incômodo na coxa esquerda. E o problema que mais preocupa o Santos é o do zagueiro, que possui status de titular no Santos com o técnico Jorge Sampaoli.

Afinal, Gustavo Henrique é, ao lado de Jean Mota e Carlos Sánchez, o jogador que mais vezes atuou pelo Santos em 2019 – 17 partidas. Ele foi substituído aos 37 minutos do primeiro tempo da igualdade, com Luiz Felipe entrando no seu lugar para compor a dupla de zaga com o colombiano Felipe Aguilar. A troca deve se repetir caso ele não tenha condições de atuar no fim de semana.

Leia mais  Corinthians vence Ferroviária nos pênaltis e encara o Santos na semi

 

Já Eduardo Sasha, que pouco vinha sendo aproveitado no Santos, foi titular nos últimos três duelos do time, sendo elogiado pelo técnico Jorge Sampaoli pelo desempenho na função de 9, uma das principais carências do elenco. Sacado aos 14 minutos do segundo tempo, viu Kaio Jorge, de apenas 17 anos, entrar no seu lugar.

O jovem, porém, não ficará com a sua vaga no fim de semana, ainda mais que o Santos estará reforçado, pois o paraguaio Derlis González, que vinha desempenhando a função, está de volta ao time após defender a sua seleção nacional.

O Santos poderá ter outras novidades contra o Corinthians, pois o venezuelano Soteldo e o peruano Cueva estão novamente à disposição de Sampaoli após defenderem suas respectivas seleções nacionais em convocações que os deixaram de fora dos dois duelos das quartas de final do Paulistão com o Red Bull Brasil, assim como ocorreu com Derlis.

Comentários