Esporte

Com Covid, Renato Gaúcho desfalca Grêmio na Libertadores

Além dele, time tem diversas ausências para partida contra o Independiente del Valle
Teste PCR deu negativo no sábado, mas sintomas tiraram treinador do duelo, que acontece nesta quarta. Crédito da foto: Lucas Uebel / Grêmio FBPA

*Matéria atualizada às 14h35.

O Grêmio embarcou nesta manhã (5) para o Equador com um desfalque importante. O treinador Renato Gaúcho foi vetado da viagem de última hora por apresentar suspeita de Covid-19, com sintomas como dores musculares e garganta inflamada nos últimos dias. O clube confirmou que ele testou positivo no início da tarde.

O Tricolor Gaúcho vai enfrentar o Independiente del Valle nesta quarta-feira (7), em Quito, às 19h,15, pela terceira fase preliminar da Copa Libertadores.

“Apesar do último RT-PCR, realizado no sábado (3), ter sido negativo, coletamos um novo teste na manhã desta segunda-feira e aguardamos o resultado. Renato teve pico febril durante a noite e segue indisposto. Com isso, o treinador está fora da delegação que irá para Quito”, explicou o médico do clube, Márcio Dornelles, no período da manhã.

Já nesta tarde, o clube soltou o comunicado afirmando que “o treinador  já foi medicado e no momento encontra-se assintomático. Renato cumprirá o protocolo de isolamento pelos próximos dias”.

Leia mais  STJ derruba decisão, e Supercopa segue no Mané Garrincha

Ele será substituído pelo auxiliar Alexandre Mendes, que comandou a equipe enquanto os titulares e o próprio Renato Gaúcho estavam de folga nos primeiros jogos do estadual.

Além de Renato, o time também não terá Geromel, Kannemann, Jean Pyerre, Pepê, Maicon, Paulo Miranda e Churín. Uma provável escalação tem: Brenno; Vanderson, Ruan, Rodrigues e Diogo Barbosa; Lucas Silva (Darlan) e Matheus Henrique; Alisson, Pinares e Ferreira; Diego Souza. (Da Redação, com informações do Estadão Conteúdo)

Comentários