Esporte

Com 17 afastados, Guarani é goleado

Com o resultado, o Cuiabá ficou mais perto do acesso à elite do futebol nacional
Com os 4 a 0 no Bugre, Cuiabá ficou perto do acesso. Crédito da foto: Divulgação / Cuiabá EC (14/1/2020)

Sem 17 jogadores por conta da Covid-19, o Guarani entrou em campo contra o Cuiabá com apenas dois reservas e foi goleado ontem (14) por 4 a 0, na Arena Pantanal, pela 35ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. O Bugre tentou adiar a partida, mas não obteve resposta da CBF e precisou montar uma força tarefa para levar Lucas Abreu, de última hora, para a capital do Mato Grosso.

Com o resultado, o Cuiabá ficou mais perto do acesso à elite do futebol nacional, se consolidando na terceira posição com 58 pontos. Já o Bugre, que além dos 17 positivados não teve Junior Todinho, lesionado, e Arthur Rezende, suspenso, colocou em campo muitos jogadores recém-recuperados da doença e, apesar de lutar, praticamente deu adeus ao sonho do acesso. O time de Campinas terminou a noite na oitava posição com 48 pontos, quatro atrás do CSA, o quarto colocado, que ainda não atuou.

Leia mais  Artilharia e garçons: veja estatísticas do Brasileirão

Em Ponta Grossa, o Operário-PR voltou à briga pelo G4 ao derrotar o CRB, de virada, por de 3 a 2, no Germano Kruger. O resultado foi um presente para o técnico Matheus Costa, que completou 34 anos. O Fantasma chegou ao quinto jogo sem derrota, agora com 51 pontos, contra 52 do CSA, o quarto colocado. O CRB, por outro lado, viu ser quebrada a sequência de três triunfos consecutivos no torneio e ficou com 46 pontos, longe do acesso.

Hoje (15), três jogos darão sequência à rodada. Na liderança, com 67 pontos, o América-MG receberá o ameaçado Botafogo-SP, às 21h30, em Belo Horizonte. O Sampaio Corrêa, 12º lugar e em má fase, recebe o Paraná Clube, em São Luís, às 19h15. O Figueirense joga com o Brasil-RS em Florianópolis às 17h30. (Estadão Conteúdo)

 

Comentários