Esporte

Clássicos na Europa: Napoli e City vencem jogos contra Juventus e Tottenham

Duelos aconteceram por Calcio e Premier League neste sábado à tarde
Juventus, de Cristiano Ronaldo, foi derrotada pelo Napoli após sequência de sete jogos sem perder. Crédito da foto: Isabella Bonotto / AFP

Dois grandes clássicos do futebol mundial agitaram a tarde deste sábado: pela 22ª rodada do Campeonato Italiano, Napoli e Juventus se encontraram no estádio Diego Armando Maradona, enquanto, pelo Inglês, o Manchester City recebeu o Tottenham. Em ambas as partidas, os mandantes saíram vitoriosos, por 1 a 0 e 3 a 0, respectivamente.

Pênalti dá vitória ao Napoli

A Juve tomou a iniciativa do jogo, com mais posse de bola e investidas ao gol adversário. Rabiot testou por cima do gol, Bernardeschi chutou em cima da zaga… Mas foi o Napoli quem abriu o marcador. Aos 29 minutos, pênalti de Chiellini, amarelado, em cima de Rrahmani. Insigne cobrou e marcou para os donos da casa.

Na segunda etapa, a Velha Senhora seguiu tentando pressionar. Aos 22, a bola sobrou para Alex Sandro, que chutou e mandou ao lado do gol. Pouco tempo depois, em contra-ataque, Cristiano Ronaldo partiu pelo lado esquerdo e chutou para a defesa de Meret. Partindo para o final de jogo, novamente o arqueiro realizou bela defesa, desta vez em chute de Morata.

Leia mais  Djokovic vence Zverev e chega à nona semi do Australian Open

Com a derrota, a Juventus interrompe longa sequência positiva de sete jogos sem perder, mas permanece na terceira colocação, com 42 pontos, enquanto o Napoli subiu para a quarta, agora com 40. O líder é o Milan.

Disparado na liderança

Já pela 24ª rodada da Premier League, o líder Manchester City recebeu o Tottenham no City of Manchester, e venceu por 3 a 0, com gols de Rodri e Gündogan (dois). A equipe disparou ainda mais na liderança, agora com 53 pontos e um jogo a menos. O Leicester, segundo colocado, tem 46.

O jogo começou movimentado, primeiro com Gabriel Jesus de um lado, e com Harry Kane, em chute de falta na trave, do outro. Aos 20 minutos, Gündogan recebeu pela esquerda e foi derrubado na área por Höjbjerg. Rodri abriu o marcador em cobrança de pênalti que quase parou nas mãos de Lloris.

Logo no começo da segunda etapa, os Citizens ampliaram a vantagem em lance entre Sterling, que começou a jogada, Foden e Gündogan, que dominou e bateu no fundo das redes. Aos 20, novamente o alemão marcou, desta vez após longo lançamento (que virou assistência) do goleiro Ederson, deixando Sánchez na saudade.

Leia mais  Para o Timão, só um milagre

Com o resultado, agora são 16 o número de vitórias seguidas do Manchester City, em todas as competições, e 23 jogos de invencibilidade. Gundogan alcançou 11 gols na temporada, artilheiro da equipe na Premier League.

Comentários