Esporte

Cicatrizes e cabeça erguida: o que Abel achou do Palmeiras no Mundial

Técnico português relembrou próximas decisões e enalteceu adversários
Técnico na beirada do campo durante a disputa pelo terceiro lugar do Mundial, no Catar. Crédito da foto: Cesar Greco/Palmeiras.

O Palmeiras fez a pior campanha de um time sul-americano na história do Mundial de Clubes da Fifa. A equipe comandada por Abel Ferreira ficou na quarta colocação, sem marcar gols nos dois jogos, após perder nos pênaltis para os egípcios do Al Ahly, na tarde desta quinta-feira.

“Foi um jogo equilibrado, qualquer time poderia marcar. Eu acredito muito na competência em cobrar pênaltis. O nosso adversário foi melhor. Para nós é uma grande oportunidade vir ao Mundial, crescer com essa experiência. Foi negativa, temos que assumir. Mas a vida tem me ensinado que nos momentos de dor, temos que aprender”, declarou o comandante.

O português exaltou a equipe, lembrando que ainda disputará a final da Copa do Brasil contra o Grêmio e a Recopa Sul-Americana – o Palmeiras venceu o Campeonato Paulista sob comando de Vanderlei Luxemburgo e a Libertadores com Abel nesta temporada. Ainda assim, ele disse que o Mundial deixa cicatrizes em todos.

Leia mais  Leila Pereira é reeleita conselheira e poderá disputar presidência do Palmeiras

“Muita gente queria estar no meu lugar, no lugar dos meus atletas. Essa experiência vai nos deixar mais fortes. Saímos com cicatrizes, mas essas cicatrizes nos tornarão mais preparados para darmos uma resposta no futuro pela aprendizagem que tivemos aqui”, finalizou.

O Palmeiras viaja nesta sexta-feira para o Brasil após ter ficado uma semana em Doha, no Catar. O elenco terá pouco tempo de descanso, já que o próximo compromisso será já no domingo (14), contra o Fortaleza, no Allianz Parque, pela 36ª rodada do Campeonato Brasileiro. O time é o sétimo colocado, com 53 pontos.

No jogo de hoje (11) contra o Al Ahly, o Alviverde não foi bem novamente e pouco criou para tentar estufar as redes. Na cobrança de pênaltis, Rony, Luiz Adriano e Felipe Melo desperdiçaram suas cobranças.

Comentários