Buscar no Cruzeiro

Buscar

Acervo

Ceará elimina o Santos no Castelão

05 de Novembro de 2020

Ceará elimina o Santos no Castelão Marinho perdeu o jogo e a cabeça. Crédito da foto: LC Moreira / Estadão Conteúdo (4/11/2020)

Com queda de rendimento no segundo tempo e Marinho descontrolado, além de atuar abaixo do nível habitual, o Santos perdeu ontem (4) do Ceará por 1 a 0, no Castelão, e foi eliminado nas oitavas de final. Vinícius decidiu a classificação cearense em belo voleio.

Como o empate não servia a ninguém, as equipes adotaram uma postura ofensiva no primeiro tempo. Não faltaram chances ao Santos, que ficou zerado nos 180 minutos dos jogos de ida e volta. Na Vila Belmiro, foi Marinho quem não estava inspirado. No Castelão, Soteldo é quem mais apareceu e falhou na hora H.

Depois de abusar de perder gols, o Santos pareceu ter cansado na fase final. Enquanto Cuca fechou o time, colocando Sandry, Guto Ferreira resolveu botar fôlego novo na frente, com as entradas de Leandro Carvalho e o estreante Felipe Vizeu. O gol saiu aos 25 minutos: Fernando Sobral recebeu a bola de Vizeu e cruzou para a área. Ela desviou, subiu e Vinícius completou para a meta de João Paulo.

Marcos Leonardo, Lucas Braga e Lucas Lourenço entraram para tentar o empate, mas de nada adiantou. Para piorar, Sandry foi expulso e Marinho também merecia o vermelho. Por acúmulo de faltas e por partir para cima da arbitragem após o apito final. Destempero desnecessário em dia de atuação para se esquecer. (Fábio Hecico - Estadão Conteúdo)

CEARÁ 1 x 0 SANTOS

Ceará - Fernando Prass; Eduardo, Tiago, Luiz Otávio e Bruno Pacheco (Kelvyn); Fabinho, Charles (Pedro Naressi), Fernando Sobral e Vinícius (Lima); Léo Chú (Leandro Carvalho) e Rafael Sóbis (Felipe Vizeu). Técnico: Guto Ferreira

Santos - João Paulo; Madson, Luiz Felipe (Pará), Luan Peres e Felipe Jonatan (Lucas Lourenço); Diego Pituca, Jobson (Sandry) e Jean Mota (Marcos Leonardo); Soteldo, Marinho e Kaio Jorge (Lucas Braga). Técnico: Cuca

Gol - Vinícius, aos 25 minutos do 2º tempo

Árbitro - Leandro Pedro Vuaden (RS)

Cartões amarelos - Pedro Naressi, Vinícius e Leandro Carvalho (Ceará) e Marinho e Diego Pituca (Santos)

Cartão vermelho - Sandry (Santos)

Local - Castelão, em Fortaleza (CE)