Esporte

Bottas elege pole na Espanha como a melhor de sua carreira na Fórmula 1

A corrida acontece neste domingo (12), às 10h10, no circuito de Montmeló, em Barcelona
GP da Espanha, em Barcelona, de Fórmula 1
Bottas durante o treino classificatório em Barcelona. Crédito da foto: Pierre-Philippe Marcou / AFP (11/5/2019)

Pela terceira corrida consecutiva na temporada da Fórmula 1, Valtteri Bottas conseguiu a pole e vai largar na frente no GP da Espanha que acontece neste domingo (12), às 10h10, no circuito de Montmeló, em Barcelona. Após a sessão de treinos, que contou com o recorde de volta mais rápida da pista, o finlandês considerou o desempenho no treino classificatório como o melhor em sua carreira.

“Foi um grande treino qualificatório, um dos meus melhores na carreira, talvez o melhor”, comemorou Bottas. “É uma sensação ótima quando você faz uma volta tão boa quanto aquela, o carro estava maravilhoso e senti que podia confiar cem por cento nele”, continuou o piloto, que terminou na frente do seu companheiro de Mercedes, Lewis Hamilton.

O finlandês vive ótima fase e tem conseguido rivalizar de igual para igual com seu companheiro de Mercedes Lewis Hamilton. No momento, Bottas lidera o Mundial de Pilotos e ostenta três poles em cinco corridas nesta temporada.

Hamilton começou o Q3 na vantagem com uma volta de 1min16s040, recorde da pista que logo foi superado por Bottas, que marcou 1min15s406. O finlandês destacou a sensação de adrenalina que esse tipo de volta dá em um piloto.”O terceiro treino livre foi difícil porque eu rodei, mas eu esqueci isso e segui em frente. A temporada começou bem. Sinto-me cada vez melhor no carro, então fico ansioso por amanhã”, destacou.

Bottas elogiou o trabalho da equipe da Mercedes ao conseguir com que seus dois pilotos fizessem dobradinha no grid de largada. “Estamos fazendo um bom trabalho como uma equipe com o direção que estamos levando os ajustes no carro para achar uma melhor performance”, comentou. “Acho que estamos todos impressionados.”

Leia mais  Doria garante que GP Brasil de F1 permanece em São Paulo

 

Já Hamilton lamentou não ter conseguido a pole no circuito, mas enalteceu o desempenho do seu companheiro de equipe. “Obviamente eu não fui capaz de elevar a performance do carro ao seu máximo, então vou continuar trabalhando nisso”, disse o inglês. “Valtteri simplesmente foi mais rápido hoje e mereceu a pole.”

Confira o grid de largada do GP da Espanha:

1.º – Valtteri Bottas (FIN/Mercedes) – 1min15s406

2.º – Lewis Hamilton (ING/Mercedes) – 1min16s040

3.º – Sebastian Vettel (ALE/Ferrari) – 1min16s272

4.º – Max Verstappen (HOL/Red Bull) – 1min16s357

5.º – Charles Leclerc (MON/Ferrari) – 1min16s588

6.º – Pierre Gasly (FRA/Red Bull) – 1min16s708

7.º – Romain Grosjean (FRA/Haas) – 1min16s911

8.º – Kevin Magnussen (DIN/Haas) – 1min16s922

9.º – Daniil Kvyat (RUS/Toro Rosso) – 1min17s573

10.º – Daniel Ricciardo (AUS/Renault)- 1min18s106

11.º – Lando Norris (ING/McLaren) – 1min17s338

12.º – Alexander Albon (TAI/Toro Rosso) – 1min17s445

13.º – Carlos Sainz (ESP/McLaren) – 1min17s599

14.º – Kimi Raikkonen (FIN/Alfa Romeo) – 1min17s788

15.º – Sergio Pérez (MEX/Racing Point) – 1min17s886

16.º – Nico Hülkenberg (ALE/Renault) – 1min18s404

17.º – Lance Stroll (CAN/Racing Point) – 1min18s471

18.º – Antonio Giovinazzi (ITA/Alfa Romeo) – 1min18s664

19.º – George Russell (ING/Williams) – 1min19s072

20.º – Robert Kubica (POL/Williams) – 1min20s254

(Estadão Conteúdo)

Comentários
Assuntos

CLASSICRUZEIRO