Blog Copa 2018

Sorocabanos torcem, mas lamentam derrota do Brasil

Não foi por falta de torcida que a seleção brasileira deixou de avançar na Copa do Mundo da Rússia. Mas uma vez a cidade parou durante o jogo e as concentrações de pessoas eram vistas somente em volta de uma televisão ou telão. Comércios e serviços fecharam as portas; alguns retomaram as atividades após a partida, enquanto outros aproveitaram para emendar com o final de semana já prolongado.

Depois de um primeiro tempo tenso, com dois gols marcados pela Bélgica, o segundo tempo do jogo foi marcado pelo nervosismo. Quando aos 30 minutos a torcida, que já estava abatida, soltou o grito de gol, o clima mudou.

Num bar do Campolim, o gol provocou a volta dos gritos de guerra e até do tradicional “sou brasileiro, com muito orgulho”. Ninguém mais conseguiu evitar o nervosismo a cada lance, até o último minuto. “Faltou calma”, opinou Vitor Pereira, de 22 anos, que apostava no placar de 1 a 1 com vitória brasileira nos pênaltis. Já para Jean Festa, de 21, o que levou a seleção à derrota foram as falhas de marcação. “Agora é continuar acompanhando os outros jogos. A Copa continua”. Para Jean, a grande campeã do mundial será a Bélgica. Já Vitor prefere, após a derrota desta sexta-feira (6), torcer pela França.

Comentários