Esporte São Bento

Azulão inaugurava novo campo há 100 anos

O São Bento sobreviveu graças à cessão de um terreno entre as atuais avenida São Paulo e rua Pedro Jacob
São Bento em 1921: Lino, Zizi Madureira, Maneco Caggiano, Julinho, Constantino, Dr. José Stillitano, Zé Gato, Vicente Lamarca, Pallota, Octávio e Lourival. Crédito da foto: Divulgação

Há um século, após quase desaparecer, o São Bento inaugurava seu novo campo, na chácara Madureira.

Segundo o historiador Luiz Carlos Éden, depois de colaborar com a Cruz Vermelha no combate à gripe espanhola, o clube sofreu sua primeira crise financeira e perdeu, em 1919, o arrendamento do Castellões Parque para o Sport Club Sorocabano.

O São Bento sobreviveu graças à cessão de um terreno entre as atuais avenida São Paulo e rua Pedro Jacob, por Claudio Estevam Madureira, pai de Zizi Madureira (craque do São Bento e do Paulistano).

A construção começou em setembro de 1919 e a inauguração deu-se em 23 de janeiro de 1921, com vitória sobre o Paulista FC por 1 a 0.

Mais tarde, com a venda do terreno para expansão da fábrica da Cianê, teve início a campanha que culminou com a construção do Estádio Humberto Reale. (Da Redação)

Leia mais  Alpine apresenta carro com cores da bandeira da França

 

Comentários