fbpx
Esporte

Átila Abreu recebe alta e descansa em SP após acidente

O piloto sorocabano bateu contra a barreira de pneus em treino no final de semana e sofreu fissura na vértebra L2
Temporada termina domingo em Interlagos
Átila Abreu bateu contra a barreira de pneus em treino e sofreu fissura na vértebra. Crédito da foto: José Mario Dias / Divulgação

O piloto sorocabano Átila Abreu já está em São Paulo, após sofrer um acidente e ter uma fissura na vértebra L2 da coluna. No último sábado (6), durante a fase de classificação para o grid de largada, o piloto da Shell V-Power bateu contra a barreira de pneus, depois da quebra da suspensão traseira esquerda do seu carro.

Átila passou a noite de sábado para domingo no hospital em Nova Santa Rita (RS) e regressou para a capital paulista em um vôo na manhã de segunda-feira (8). A próxima corrida da Stock Car será no dia 5 de maio, e o piloto se mostra confiante para a volta. “Tive de fazer um pit stop não programado, mas voltaremos ainda mais motivados no Velo Città”, disse, por meio de sua assessoria de imprensa.

Leia mais  Equilíbrio marca início das quartas de final da Taça Cidade de Sorocaba

A segunda etapa será no autódromo de Mogi Guaçu, no qual Átila Abreu já venceu uma prova, em 2017.

Daniel Serra vence no Velopark

Atual bicampeão, Daniel Serra mostrou inteligência e coragem para vencer a corrida de número 500 da Stock Car, que inaugurou a temporada de 40 anos da categoria, no último domingo (7). Ele se juntou ao pai, Chico Serra, ao vencer uma corrida centenária. Chico triunfou na 100ª etapa da história da mais tradicional competição do automobilismo brasileiro, em 1989.

Largando no segundo lugar, o piloto da Eurofarma acertou na estratégia em meio a uma prova caótica pelas mudanças climáticas disputada no Velopark, em Nova Santa Rita (RS), onde é o maior vencedor — são cinco triunfos. Ele mostrou calma, inteligência, arrojo e frieza para, no momento mais crítico da prova, decidir se manter na pista com pneus secos em uma trajeto molhado pela chuva. A sorte, vale dizer, também esteve ao lado do piloto. “Arriscamos, achei que dava, e estou muito feliz”, disse Serra após a vitória

Leia mais  Magnus Futsal busca mais uma final na temporada 2019

Rubens Barrichelo, da Full Time Sports, que resistiu mesmo com o carro avariado depois de um choque com Cacá Bueno, chegou em segundo, e Ricardo Maurício, companheiro de equipe de Serra, fez uma corrida incrível de recuperação após largar em 17º para cruzar a linha de chegada em terceiro. Dono da pole, Thiago Camilo foi o quarto e Felipe Fraga, o quinto. (Da Redação, com informações de Estadão Conteúdo)

Comentários