Esporte

Argentina visita o Peru, em crise política

Argentina visita o Peru, em crise política
Crédito da foto: Juan Ignacio Roncoroni / Pool / AFP (12/11/2020)

Após o seu primeiro tropeço nas Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo de 2022 — empate com o Paraguai por 1 a 1 –, a vice-líder Argentina tentará se reabilitar contra um adversário em fase ruim e em um país afundado na crise política: o Peru (8º colocado), às 21h30, em Lima, pela quarta rodada.

O presidente peruano, Manuel Merino, renunciou ao cargo no domingo, após apenas seis dias no cargo, ampliando o cenário de turbulência no País. Ele havia assumido com o impeachment de Martín Vizcarra, mas acabou saindo diante das manifestações populares, duramente reprimidas pela polícia. O cenário provocou o cancelamento de treinos da Argentina, mas a Federação Peruana de Futebol assegurou a realização da partida.

Às 18h, em Quito, o Equador (3º) desafia sua boa fase diante da Colômbia (7º). No mesmo horário, a Venezuela (9º) recebe o Chile (6º), às 18h, no Estádio Olímpico de Caracas. Invicto, o Paraguai (5º) recebe a lanterna Bolívia (10º), às 20h, no Defensores del Chaco. (Estadão Conteúdo)

Comentários