Esporte

Andrés Sanchez se afasta da presidência do Corinthians

Andrés Sanchez
Crédito da foto: Danilo Fernandes / Framephoto / Estadão Conteúdo

O presidente do Corinthians, Andrés Sanchez, deixou ontem (12) o comando do clube. O gesto é simbólico e tem o intuito, segundo ele, de “homenagear” seus vices, Alexandre Husni, que já tomou posse, e Edna Murad. Ele ficará ausente do cargo até o dia 30 de novembro, dois dias depois da eleição para a presidência pelos próximos três anos.

Ou seja, restaria apenas um mês para o atual mandatário depois do pleito e, nesse tempo, Andrés quer dar destaque aos vices que o acompanham desde 2018. Ele não deve voltar.

Também ontem (12), o Corinthians apresentou um novo número para o maior déficit financeiro de sua história: R$ 195,4 milhões. O documento com as demonstrações financeiras de 2019 foi atualizado em R$ 18,4 milhões por uma dívida ligada ao volante Jucilei. (Estadão Conteúdo)

Comentários